Presos se rebelam e fazem reféns em Piracicaba - WSCOM

menu

Policial

09/10/2005


Presos se rebelam e fazem

Os presos do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Piracicaba se rebelaram na tarde de ontem e mantiveram funcionários, parentes e familiares dos detidos como reféns durante pelo menos cinco horas. Às 21h40, as polícias estaduais ainda não tinham um balanço sobre a rebelião. Alguns parentes falaram em cerca de 300 reféns, além de 12 funcionários, números não confirmados pelas polícias Civil e Militar, nem pelos funcionários do CDP.

Uma funcionária, que não se identificou, informou apenas que a rebelião terminou por volta das 21 horas e que ninguém ficou ferido. A rebelião teve início, quando os presos renderam os funcionários do CDP. Eles teriam tentado uma fuga e estariam armados com revólveres, informação que também não foi confirmada. Os parentes e familiares contaram que ficaram nas celas durante o motim e que muitas crianças estavam no Centro de Detenção quando a rebelião teve início. O CDP foi inaugurado em 2001, depois de passar por reforma. Em março deste ano, uma tentativa de rebelião foi registrada no local, com capacidade para 552 presos, mas que abriga 1.080.

Notícias relacionadas