Preso argelino que estaria ligado a ataques em Londres - WSCOM

menu

Internacional

27/08/2005


Preso argelino que estaria ligado

A Polícia da Tailândia deteve o argelino Atamnia Yachine por posse de passaportes espanhóis e franceses falsos e por sua suposta conexão com os atentados terroristas de 7 de julho em Londres. A informação foi dada hoje por fontes oficiais. Yachine, 33 anos, foi detido quarta-feira num bairro de Bangcoc freqüentado por árabes, depois que as autoridades britânicas alertaram a Polícia tailandesa.

A Polícia descobriu que Yachine estava em posse de cerca de 180 passaportes espanhóis e franceses falsos. Segundo o chefe da Polícia de Imigração, Suwat Thamrongsrisakul, o argelino pode ter fornecido documentação falsa aos autores dos atentados na capital britânica.

Yachine, residente na Tailândia há vários anos, tem relação com pelo menos dois dos espanhóis que foram detidos em Bangcoc por tráfico de passaportes falsos.

Os dois espanhóis detidos por este crime foram expulsos da Tailândia após serem julgados e terem passado vários meses na prisão.

A rede terrorista Al-Qaeda, segundo um relatório policial ao qual a agência de notícias EFE teve acesso, recebe passaportes falsos na Tailândia por meio de espanhóis e cidadãos de outros países ligados a grupos dedicados ao contrabando de pessoas e ao tráfico de entorpecentes.

Na legislação penal da Tailândia não é tipificado como delito o tráfico de documentação falsa, mas é considerado crime leve a falsificação de documentos oficiais de outros países e crime grave a reprodução daqueles que são tailandeses.

Notícias relacionadas