Presídio de Campina Grande implanta sistema de reconhecimento de visitantes e apenados - WSCOM

menu

Paraíba

16/02/2019


Presídio de Campina Grande implanta sistema de reconhecimento de visitantes e apenados

Foto: autor desconhecido.

A Penitenciária Regional Padrão de Campina Grande iniciou na manhã desta sexta-feira (15) a utilização de um novo sistema digital que visa dar mais segurança ao procedimento de entrada de visitantes e entrega de material na unidade prisional. A penitenciária possui mais de 3000 visitantes cadastrados.
Através da tecnologia que utiliza o banco de dados coletado no ato do cadastro do visitante e interliga com o prontuário eletrônico do recluso, o novo sistema realiza a leitura do código de QR-Code presente na carteira de identificação do visitante e imediatamente comprova o parentesco com o recluso e mostra os principais dados pessoais e a foto atualizada, inibindo qualquer tipo de fraude e acesso de pessoas não autorizados ao interior do presídio.
De acordo com o diretor titular da Penitenciária Padrão de Campina Grande “a utilização de novas tecnologias e o gerenciamento de informações colaboram para o combate à possíveis fraudes e crimes, assegurando ao cidadão que visita um parente preso mais respeito e facilitando os procedimentos de segurança dentro da unidade” revela Alexandre Moreira Gomes, servidor de carreira.
A utilização de ferramentas tecnológicas é algo muito distante do sistema prisional brasileiro e a implantação deste sistema em uma unidade penal de Campina Grande, algo inédito na Paraíba, reforça a necessidade no gerenciamento de informações e na coleta de dados que possa contribuir com os setores de segurança e nas diretrizes de políticas públicas da área.
“Esta ferramenta além de gerir as informações prisionais de forma ampla, facilitar os procedimentos de segurança das unidades, dar respaldo ao setor público no planejamento de políticas públicas, possibilita entre tantos usos, a ressocialização do encarcerado e a garantia de seus direitos” confirma Egydio Ricardo, coordenador da equipe responsável pelo sistema digital e agente penitenciário.
“Desde o início a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária apoiou e incentivou a produção deste sistema e a implantação do programa, que poderá ser replicado em outras unidades do estado e colaborar com as políticas de segurança pública do atual governo” reforça Alexandre Gomes.
Portal WSCOM