Presidente sul-coreano diz que Trump pode levar Nobel da Paz - WSCOM

menu

Internacional

30/04/2018


Presidente sul-coreano diz que Trump pode levar Nobel da Paz

Ele deu declaração à viúva de um de seus antecessores, Kim Da-jung: 'Tudo o que precisamos é de paz'. Na sexta, Jae-in encontrou-se com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

Foto: autor desconhecido.

O presidente sul-coreano Moon Jae-in minimizou nesta segunda-feira (30) suas chances de receber o Prêmio Nobel da Paz após a histórica reunião com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, dizendo que o presidente americano Donald Trump poderia recebê-lo em seu lugar.

“O presidente Trump pode receber o Prêmio Nobel. Tudo o que precisamos é de paz”, respondeu o presidente sul-coreano à viúva de um de seus antecessores, Kim Dae-jung, que enviou-lhe uma mensagem de parabéns e lhe desejou o Prêmio Nobel.

O próprio Kim Dae-jung foi agraciado com o Prêmio Nobel da Paz em 2000 por seu papel na primeira cúpula intercoreana com o norte-coreano Kim Jong Il.

A cúpula de sexta-feira (27) entre Moon e Kim foi saudada como um grande passo para aliviar as tensões na península coreana, especialmente antes da cúpula prevista entre o líder norte-coreano e o presidente dos Estados Unidos.

Neste sábado (28), Trump anunciou que deve se reunir com Kim Jong-un dentro de três ou quatro semanas. Um dos assuntos deve ser a desnuclearização da Coreia do Norte.

A escalada verbal em 2017 entre Washington e Pyongyang causou temores de um novo conflito na península, já devastada pela Guerra da Coreia (1950-53).

O aquecimento atual, iniciado durante as Olimpíadas de Inverno na Coreia do Sul e que culminou na cúpula de sexta-feira, aumentou as esperanças de uma distensão inimaginável há apenas alguns meses.

Em uma reunião pública no sábado em Michigan, Donald Trump falou de um acordo nuclear com o regime de Pyongyang, sorrindo e acenando enquanto seus partidários entoavam “Nobel! Nobel!”

Moon, cuja humildade conquistou os eleitores sul-coreanos, procura ser um mediador entre Kim e Trump.

A casa de apostas britânica Coral aponta Kim e Moon como favoritos para o próximo Nobel da Paz, concedido em outubro, seguido por Trump e pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados.

Presidentes das Coreias se encontram pela primeira vez em 11 anos

Presidentes das Coreias se encontram pela primeira vez em 11 anos

Notícias relacionadas