Premiê iraquiano prevê anistia em plano de reconciliação - WSCOM

menu

Internacional

25/06/2006


Premiê iraquiano prevê anistia em

O primeiro-ministro do Iraque, Nouri al-Maliki, apresentou ao Parlamento neste domingo em Bagdá o esperado plano de reconciliação nacional que tem como objetivo combater a onda de violência que atinge o país desde de a queda de Saddam Hussein.

O plano de 24 pontos prevê a anistia de prisioneiros– excluindo autores de crimes graves como os integrantes da Al-Qaeda–, desarmamento de milícias, indenização a vítimas da coalizão, além de uma série de medidas.

Chegou a se especular – antes da divulgação das propostas– que o plano traria algum tipo de cronograma para a retirada de tropas estrangeiras do país.

A proposta não traz detalhes do tipo, mas indica a preocupação do governo com o assunto ao determinar planos para desarmar as milícias e fortalecer as forças armadas para que seja possível assumir o controle militar do país.

Maliki, que tomou posse em 20 de maio, já falou várias vezes da necessidade de substituição de militares da coalizão por iraquianos no controle do país.

Clique aqui e leia mais na BBC Brasil