Prefeitura e Correios vão realizar diagnóstico de ruas sem nomes - WSCOM

menu

Paraíba

14/03/2006


Prefeitura e Correios vão realizar

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) fechou parceria com a Empresa dos Correios e Telégrafos (ECT) para traçar um diagnóstico de todos os logradouros da Capital cujas ruas ainda não têm denominação. Segundo o prefeito Ricardo Coutinho (PSB), “nome de rua é uma questão de cidadania e faz parte da regularização da cidade”. O assunto foi discutido com o diretor regional da Empresa, José Pereira, em visita ao prefeito nesta terça-feira (14), no Centro Administrativo Municipal (CAM), situado no bairro de Água Fria.

O acordo para cadastrar todos os bairros e facilitar o trabalho de postagem na cidade foi acertado na ocasião e o prefeito acatou de imediato a iniciativa da ECT na prestação unificada desse serviço. Durante a visita do diretor regional ficou também acertado que outros serviços serão realizados em parceria pela PMJP e aquele órgão.

Entre os logradouros órfãos na Capital estão artérias do bairro Valentina Figueiredo, onde apenas 50% das ruas estão cadastradas, mais os loteamentos Cidade Verde (Bairro das Indústrias), Cidade Recreio, Cidade Maravilhosa e Parque Sul.

Uma esquema conjunto da Prefeitura e dos Correios será montado para realizar esse cadastro, envolvendo funcionários das duas instituições públicas. “Numa eventualidade, aonde não for possível, nós criaremos uma Caixa Postal Comunitária (CPC) que normalmente fica instalada em um posto policial ou de saúde na comunidade”, informou Pereira.

Ele acrescentou que a denominação das ruas tanto facilita o trabalho dos carteiros “como garante a cidadania dos moradores”. O diretor regional dos Correios também expressou a vontade de engajar o órgão nas campanhas sociais que venham a ser desenvolvidas pela PMJP. “Nós queremos, através de parceria, utilizar os Correios como agente da sociedade”, comentou.

Notícias relacionadas