Prefeitura de Riachão do Poço abre Diretoria de Ações e Projetos e faz parceria - WSCOM

menu

Educação

13/03/2006


Prefeitura de Riachão do Poço

A Prefeitura Municipal de Riachão do Poço e a Secretaria de Educação e Cultura abriu uma nova pasta administrativa: a Diretoria Municipal de Ações e Projetos (DMAP), que tem a função de organizar e planejar ações e projetos do município. A diretoria, que funcionará nas instalações da Secretaria de Educação e Cultura, será presidida pelo professor e pesquisador Jonas José Tofoli Júnior.

A proposta de abrir uma diretoria como esta vem da necessidade de o município poder coordenar melhor seus projetos e suas ações, tanto administrativamente quando no que diz respeito a setorização. “A diretoria será um espaço por onde todos os nossos projetos e ações irão passar, ficando cópias organizadas e distribuídas por secretarias, a disposição da comunidade”, explica Jonas.

“A Prefeitura e a Secretaria de Educação e Cultura de Riachão do Poço encontram-se de parabéns por poderem criar este novo mecanismo administrativo, e por fazer uma importante parceria com o Instituto Alpargatas, no seu projeto de educação por meio do esporte”, defende.

“Esta é uma parceria que faz com que o município amplie ainda mais sua visão de captação de recursos para seus trabalhos e dê mais um salto rumo ao seu constante desenvolvimento, que já acontece gradativamente e já é visível por quem o conhece e o freqüenta”, conclui.

Desenvolvimento educacional – “Acreditamos que projetos na área de esportiva têm atividades bem diversas, que vão desde a jogos de xadrez, à estruturação de olimpíadas anuais”.

Para Jonas, nas escolas inovadoras, por exemplo, o esporte é visto como um meio de desenvolver no aluno noções como solidariedade, disciplina, equilíbrio, concentração etc. Acreditamos que por meio do esporte é possível resgatar e favorecer a auto-estima dos alunos do nosso município e ocupar positivamente seu tempo vago, além de desenvolver habilidades, que poderão futuramente se transformar em uma profissão”.

Jonas defende ainda que através da prática esportiva as escolas conseguem construir uma política de cultura de paz. “Ao praticar uma atividade física o jovem percebe a importância de se levar uma vida saudável em todos os sentidos, evitando brigas, uso ou envolvimento com as drogas e atitudes individualistas”, acrescenta.

Notícias relacionadas