Prefeito de Alagoa Grande critica reconstrução de Camará e pede outras obras - WSCOM

menu

Política

21/07/2009


Prefeito de Alagoa Grande critica

O ex-deputado e estadual e prefeito de Alagoa Grande, João Bosco Carneiro Júnior (PPS), criticou a fala do governador José Maranhão em investir cerca de R$ 10 milhões com recursos do BNDES para reconstruir a barragem Camará, destruída em 2004. Para Bosco Carneiro, é necessário, antes, ressarcir as vítimas e ouvir a comunidade que, segundo ele, também não quer esta obra.

“Há outras obras para ser feitas em Alagoa Grande, em infra-estrutura, e mesmo para uma reconstrução dessas é preciso um projeto técnico que não existe. Eu participei da Comissão de Inquérito sobre esse incidente e sei que houve indícios de irregularidades e da má execução da obra. Os responsáveis nem foram punidos”, disse.

O prefeito diz ainda que, antes de Camará, em Alagoa Grande, a barragem Pitombeira, em Serra Grande, é economicamente mais viável e não gera novos riscos à população de Alagoa Grande. “Tem gente que perdeu casas, móveis, comércio. Foi um prejuízo irreparável”, disse Bosco Carneiro.

Notícias relacionadas