"Precisamos melhorar muito", afirma Ronaldinho Gaúcho - WSCOM

menu

Mais Esporte

17/06/2006


"Precisamos melhorar muito", afirma Rona

O grupo de jogadores do Brasil sabe que jogou abaixo das expectativas na estréia contra a Croácia mas entende que precisa manter a blindagem contra pressões e críticas externas se quiser ter concentração suficiente para seguir evoluindo. A informação é de Ronaldinho Gaúcho, o número 10 da seleção, jogador mais visado na Copa.

“O pensamento do grupo é esse: a gente ganhou mas precisa melhorar muito. Mesmo que tivessem falado maravilhas do jogo a gente estaria da mesma maneira. Não interessa o que dizem lá fora. A gente continua com os pés no chão”, disse ele nesta sexta-feira.

Sobre as críticas, o discurso do melhor jogador do mundo segundo as duas últimas eleições da Fifa é bem parecido.

“O importante para nós é vencer. Muitas críticas são construtivas, outras não levam a nada. Tem que saber analisar bem para saber o que pode ser útil na próxima partida”, disse.

Ronaldinho parece ser fiel discípulo da famosa música de Walter Franco que diz “Tudo é uma questão de manter a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranquilo”. Ele acha que os solavancos e a pressão externa podem ser nocivos.

“É importante ganhar os dois primeiros jogos pois isso dá tranquilidade e quanto mais tranquilo, melhor se joga”, afirmou ele, em voz mansa em um ritmo calmo de quem parece não estar preocupado com o sucesso do time, pelo menos até agora.