Postos de saúde de Alhandra voltam a funcionar após desinterdição - WSCOM

menu

Paraíba

14/02/2019


Postos de saúde de Alhandra voltam a funcionar após desinterdição

A partir da zero hora desta sexta-feira (15), as unidades básicas de saúde da família (UBSF) Oiteiro 1 e 2, no município de Alhandra, a 45 km de João Pessoa, voltarão a funcionar normalmente. As unidades estavam sem prestar atendimento médico à população, desde o dia 19 de janeiro, após interdição ética do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), por ter constatado em inspeção feita no local, falta de segurança, intimidação e agressão verbal aos profissionais. No dia 17 de janeiro, a médica que prestava atendimento na unidade foi agredida verbalmente por um vereador da cidade, enquanto consultava uma adolescente de 14 anos.

Após a interdição, o CRM-PB solicitou que fosse providenciada segurança policial nos postos de saúde e que houvesse uma retratação da Câmara de Vereadores. Na manhã desta quinta-feira (14), a secretária de Saúde de Alhandra, Alba Kelly, esteve na sede do CRM-PB em João Pessoa para entregar ao presidente do Conselho a documentação necessária para a desinterdição dos postos de saúde que atendem, diariamente, cerca de 40 pessoas.

Além da retratação pública do presidente da Câmara de Vereadores de Alhandra, João Ferreira Filho, a Secretária de Saúde entregou ao presidente do CRM-PB a escala dos médicos que trabalham nos postos de saúde e garantiu que haverá guarda municipal no local continuamente.

O presidente do CRM-PB, Roberto Magliano, agradeceu o empenho da secretária em resolver o impasse e explicou que o Conselho é um órgão que vem contribuindo para o melhoramento do atendimento médico nas unidades de saúde do Estado. “Não estamos aqui apenas para fiscalizar e punir. Queremos ajudar os municípios a terem cuidado com a saúde da população e que ofereçam boas condições de trabalho aos médicos”, disse o presidente após assinar o auto de desinterdição ética.