Portuguesa arranca empate e avança na Série B - WSCOM

menu

Mais Esporte

16/10/2005


Portuguesa arranca empate e avança

A Portuguesa está classificada para o quadrangular final do Campeonato Brasileiro da Série B. Precisando de apenas um empate, time da capital paulista ficou no 1 a 1 com o Guarani, nesta tarde de sábado, no estádio Brinco de Ouro, e avançou no certame nacional.

Mesmo se tivesse deixado Campinas com uma derrota, a equipe do técnico Giba também ficaria com a vaga. Isso porque o Marília, que necessitava de uma vitória por quatro gols de vantagem sobre o Náutico, conseguiu apenas um triunfo por 4 a 3 e acabou eliminado.

O Náutico encerrou o quadrangular semifinal com 13 pontos contra dez da Portuguesa. O Marília ficou em terceiro, com nove, enquanto os campineiros, já eliminados desde a rodada passada, acabaram com apenas quatro.

Esta, aliás, é a primeira vez que a Portuguesa chega à última fase da Segundona. Em 2003 e 2004, o clube do Canindé havia sido eliminado na primeira fase, terminando em 12° e 11°, respectivamente.

Enquanto a Portuguesa ainda sonha em voltar à Primeira Divisão, o Guarani já pensa na próxima temporada. A diretoria espera renovar nos próximos dias o contrato do técnico Luiz Carlos Ferreira. O goleiro Jean e o volante Marcos Paulo, porém, devem sair.

A Portuguesa volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Santa Cruz, às 16h, no Canindé.

O jogo

Mesmo sem qualquer ambição na Série B, o Guarani começou a partida no ataque. Trabalhando bastante pelo lado direito, o time de Campinas chegou com facilidade até a área adversária, mas não conseguiu concluir com precisão.

Recuada e explorando apenas os espaços na defesa adversária, a Portuguesa também pouco produziu. Sem o meia Cléber, suspenso, a equipe não tinha a mesma criatividade das rodadas anteriores e praticamente não acionou os atacantes Johnson e Celsinho.

A primeira boa oportunidade do confronto surgiu apenas aos 26min. Jonas recebeu na entrada da área e chutou colocado. A bola subiu e passou próxima ao travessão de Gléguer.

A Portuguesa só respondeu aos 32min. Celsinho recebeu livre na esquerda e cruzou para a pequena área. Johnson se antecipou à marcação, porém, não conseguiu desviar e perdeu ótima oportunidade de abrir o marcador.

Na volta do intervalo, o Guarani reapareceu mais ofensivo. A equipe campineira chegava com facilidade ao ataque, mas sem qualquer pretensão no torneio, praticamente não ofereceu perigo.

Já a Portuguesa passou a administrar o resultado. Para segurar o empate, o time começou a tocar a bola optou por não se arriscar. A única chance veio aos 27min. Celsinho recebeu passe de frente para Fernando e, na saída do goleiro, tentou tocar por cobertura, mas errou o alvo.

Aos 32min, o Guarani abriu o placar. Rodrigo Sá bateu falta pela direita e o zagueiro Paulão apareceu entre a zaga para cabecear, acertando o canto esquerdo do goleiro adversário. Aos 44min, a Portuguesa empatou, quando Mendes avançou pelo meio e tocou no canto esquerdo de Fernando.

Notícias relacionadas