‘Por quê?’, perguntam jornais de Madri. Catalães exaltam Messi e provocam rival - WSCOM

menu

Futebol

28/04/2011


Jornais de Madri indagam: por qué?

pós-clássico

Foto: autor desconhecido.

A imprensa esportiva de Madri seguiu nesta quinta-feira o “chororô” de José Mourinho após a derrota do Real por 2 a 0 para o Barcelona: “Por quê?”, pergunta a manchete dos diários “As” e “Marca”, repetindo o questionamento do português sobre uma possível ajuda dos árbitros com o rival. Na Catalunha, o tom é de comemoração e deboche ao técnico adversário: “O puto amo é Messi”, afirmaram “Sport” e “Mundo Deportivo”, lembrando o palavrão usado por Pep Guardiola na véspera da semifinal da Liga dos Campeões.

Os dois treinadores foram os principais personagens do confronto até Messi marcar duas vezes e decidir a partida no Santiago Bernabéu. A imprensa catalã é só elogios ao craque argentino e já coloca o Barça na final da Champions, dia 28 de maio, em Wembley. Um dia antes do confronto em Madri, Guardiola respondeu as provocações de Mourinho dizendo que o português era o “puto chefe e o puto amo” nas entrevistas coletivas, usando um palavrão para dizer algo como “o grande chefe” na situação.

Em Madri, o “chororó” está estampado nas capas. Mourinho passou toda a entrevista depois da derrota culpando o árbitro alemão Wolfgang Stark por causa do cartão vermelho de Pepe, que também acabou ocasionando a expulsão do treinador por reclamações, e levantando suspeitas sobre ajuda ao Barcelona em jogos decisivos. Uma pergunta não saiu da boca do técnico: “Por quê?”, que acabou reproduzida na manchete dos dois principais jornais esportivos da capital.

Na crônica sobre o jogo, o “Marca” muda um pouco o tom e exalta a atuação do camisa 10 argentino: “Messi deslumbra um Madrid medíocre” e diz ainda que plano de Mourinho foi decepcionante em casa. Porém, na página seguinte aparecem as críticas ao árbitro: “Stark e Messi obrigam Real a fazer um milagre”, lembrando que o time merengue tem que vencer por três gols de diferença no Camp Nou, terça-feira, para ir à final da Champions.

No “As”, as reclamações contra o juiz alemão aparecem logo no título da crônica: “Stark devora o clássico”. Em seguida, o jornal diz que o árbitro expulsou Pepe quando o luso-brasileiro merecia apenas um cartão amarelo pela entrada em Pepe. O segundo gol de Messi foi elogiado: “Fabuloso”.

O “El País”, de circulação nacional, não entra pesado na polêmica sobre a atuação de Stark. Na capa, o diário afirma que o Barça está bem perto da decisão da Liga dos Campeões e que Pepe foi expulso “após uma dura entrada”. Na crônica do jogo, o jornal lembra que o time catalão foi superior o jogo todo: “A pelota acaba por dar razão ao Barça”.

Notícias relacionadas