População do Nordeste contará com serviço gratuito de SMS com alertas de desastres naturais - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

26/02/2018


População do Nordeste contará com serviço gratuito de SMS com alertas de desastres naturais

Iniciativa coordenada pelo Ministério da Integração está ativa em todo país. Objetivo é prevenir riscos e poupar vidas

 A partir desta segunda-feira (26) mais 15 estados das regiões Norte e Nordeste passam a contar com o serviço de alertas por SMS em caso de desastres naturais. É a última fase de implantação do serviço no país. Já em pleno funcionamento em 12 estados, o sistema tem o objetivo de orientar pessoas quanto aos procedimentos a serem adotados diante do risco de inundações, alagamentos, temporais ou deslizamentos de terra, entre outras ocorrências.

 Os alertas são direcionados a áreas específicas, uma vez que se baseia no CEP dos moradores para reconhecer problemas em cada localidade. “Agilizamos a última fase para que todo o país esteja coberto até março pelo sistema de alertas”, informa o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho. O funcionamento do sistema é coordenado pelo Ministério, em parceria com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e com as operadoras de telefonia móvel.

 Como funciona – A partir de segunda, uma mensagem de cadastro começa a ser enviada para todos os telefones celulares ativos nos estados. Primeiro, o celular recebe a mensagem: “Defesa Civil Nacional informa: novo serviço de envio de SMS gratuito com alertas de área de riscos. Para se cadastrar responda para 40199 com CEP de interesse”. Ao responder indicando o CEP, o celular do usuário está apto para receber alertas da Defesa Civil. É permitido cadastrar mais de um CEP.

 “Naturalmente, as mensagens serão enviadas de maneira gradual para os celulares. Se as pessoas quiserem se antecipar, podem enviar o número do CEP para o 40199 a partir desta segunda e já começar a receber informações da Defesa Civil”, explica o secretário nacional substituto de Proteção e Defesa Civil, Élcio Barbosa.

 É essencial, segundo ele, a participação da população junto à Defesa Civil da sua cidade, para ter conhecimento sobre as medidas que devem ser adotadas diante do recebimento de um alerta dessa natureza.

 Totalmente gratuito – O serviço, inédito no Brasil, é totalmente gratuito. Permite o uso da tecnologia para informar a população de forma preventiva, poupando vidas e diminuindo os impactos dos desastres naturais. Desde o lançamento do sistema, em fevereiro de 2017, foram enviadas 2.098 mensagens diferentes,, informando sobre o risco de desastres. Como diversas vezes elas alcançam mais de uma localidade ao mesmo tempo, o número enviado já alcança 73.191 alertas. Nos 12 estados onde o serviço está ativo, já são 2.668.164 de celulares cadastrados.

 Os alertas são enviados pelo Centro de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração, em parceria com os órgãos de Defesa Civil de estados e municípios, assim que são identificadas situações de riscos capazes de acarretar desastres naturais. A qualquer momento, se o usuário desejar, também é possível cancelar o serviço por mensagem de texto.

 Histórico – O Sistema de Alertas por SMS foi testado durante seis meses em 25 cidades de Santa Catarina e Paraná, atendendo a mais de meio milhão de usuários de telefonia móvel. Foi o Japão que começou a utilizar o alerta em 2007. Atualmente, mais de 20 países, entre eles o Canadá, Chile, Bélgica e Filipinas contam com serviços semelhantes.

 Além do Distrito Federal, os onze estados que já oferecem o serviço são: Tocantins, Mato Grosso, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, São Paulo, Paraná e Santa Catarina.