Ponto de prostituição, alvo de drogas e infestado de insetos, Mercado Central co - WSCOM

menu

Economia & Negócios

08/03/2006


Ponto de prostituição, alvo de

Ponto de prostituição, alvo de viciados em drogas e apresentando deficiências de infra-estrutura e higiene, o mercado central de João Pessoa corre o risco de ser interditado. O anúncio foi feito hoje pelo curador do consumidor, Francisco Sagres.

Sagres diz que não vai mais esperar pelas providências prometidas pela administração municipal em audiências feitas no Ministério Público para tratar dos problemas no Mercado Central. Ele avisou que o processo com pedido de interdição já está sendo redigido e será encaminhado a Justiça.

Fiscalizações feitas por Sagres constataram que o Mercado é infestado por insetos e roedores, que contaminam alimentos e produtos. Ele teme que a presença de ratos e baratas possa provocar uma epidemia de doenças na cidade.

O curador disse também que os problemas são graves demais para permitir a concessão de mais prazos ao município. Segundo ele, a intervenção no principal mercado da Capital vem sendo ‘empurrada com a barriga’ há muito tempo.

Notícias relacionadas