Ponte Preta perde o sétimo jogo seguido - WSCOM

menu

Mais Esporte

28/08/2005


Ponte Preta perde o sétimo

O Atlético-MG venceu a Ponte Preta por 1 x 0, neste domingo, no Mineirão, e conquistou a terceira vitória seguida no Campeonato Brasileiro. Apesar da reação na competição, o Galo segue na zona de rebaixamento. A Macaca completou a sétima derrota consecutiva.

Com o resultado, o Atlético foi a 22 pontos ganhos em 23 partidas, mas permanece na 20ª posição na tabela, uma vez que o São Paulo derrotou o Paraná e foi a 25 pontos. O Galo chegou a seis vitórias no Brasileirão, sendo três seguidas – antes venceu o Juventude e o Figueirense.

Com a derrota, a Ponte Preta permanece com 33 pontos e não consegue reagir na competição. O time de Campinas perdeu sete rodadas seguidas. Apesar disso, a Macaca segue na faixa intermediária da tabela de classificação, mas corre o risco de cair.

A Ponte Preta teve como novidade a estréia do técnico Estevam Soares, que voltou ao clube para ocupar a vaga deixada por Zetti. Nenê Santana dirigiu, interinamente, a Macaca em dois jogos. Desde a saída de Vadão, o time de Campinas caiu de rendimento.

Atlético e Ponte Preta voltam a jogar depois da paralisação do Brasileiro, por causa do jogo Brasil x Chile, no próximo domingo, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo. O Galo enfrenta o Brasiliense, no dia 7 de setembro, no Distrito Federal. No mesmo dia, a Macaca encara o Paysandu, em Belém.

O jogo

O Atlético ditou o ritmo no primeiro tempo e criou várias chances para garantir o resultado. No entanto, o time comandado por Marco Aurélio conseguiu marcar apenas uma vez. O Galo finalizou oito vezes, das quais somente duas foram a gol. A Ponte Preta chegou somente três vezes, sendo que uma foi em direção ao gol de Bruno.

Logo aos 4min, o Atlético por pouco não abriu o placar. Após grande jogada de Marques pela esquerda, Catanha cabeceou para o gol, mas Galeano salvou em cima da linha. A Ponte Preta respondeu e chegou com perigo aos 10min, com Izaías, que aproveitou falha de Walker e chutou por cima do gol.

Sete minutos depois, o Galo conseguiu o objetivo e balançou as redes no Mineirão. Com um passe certeiro de Marques, Rubens Cardoso saiu na cara do gol e tocou com categoria no ângulo direito do gol de Lauro. A partir daí, o Atlético criou outras chances, mas não soube aproveitá-las.

O Atlético manteve o ritmo no segundo tempo e partiu para a pressão sobre a Ponte Preta. Aos 10min, Catanha teve grande chance de fazer o segundo gol, mas a bola desviou no adversário e bateu na trave. Mas a Macaca conseguiu equilibrar a partida e teve oportunidades para empatar.

Izaías marcou aos 31min, mas o auxiliar assinalou corretamente o impedimento do atacante da Ponte Preta. O Atlético conseguiu segurar o resultado e comemorou mais uma vitória no Brasileirão.

ATLÉTICO-MG 1 x 0 PONTE PRETA

Atlético-MG

Bruno; Leandro Castan, Cáceres e Lima; George Lucas (Henrique), Walker, Zé Antônio, Luís Mário (Édson Araújo) e Rubens Cardoso; Marques e Catanha (Éder Luiz)

Técnico: Marco Aurélio

Ponte Preta

Lauro; Rissutt (Luciano Baiano), Galeano, Thiago Matias e Bruno (Gabriel); André Silva, Everton, Carlinhos e Rafael Ueta; Izaías e Evando (Gileno)

Técnico: Estevam Soares

Data: 28/8/2005 (domingo)

Local: Mineirão, em Belo Horizonte

Público: 23.201 pagantes

Renda: R$ 129.895

Árbitro: Wagner Tardelli Azevedo (FIFA-RJ)

Cartões amarelos: Rissutt, Gileno, Rafael Ueta (Ponte Preta); Rubens Cardoso

Gols: Rubens Cardoso, aos 17min do primeiro tempo

Notícias relacionadas