Polícia suspeita que ossada encontrada em mata pode ser do menino Guilherme - WSCOM

menu

Policial

15/06/2018


Polícia suspeita que ossada encontrada em mata pode ser do menino Guilherme

Foto: autor desconhecido.

A ossada humana encontrada na manhã desta sexta-feira (15) em uma mata fechada localizada entre os bairros Costa e Silva e Colinas do Sul, em João Pessoa, será agora examinada por peritos da gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol) para que seja identificada a idade e o sexo da vítima.

De acordo com especialistas, esse processo deve demorar mais de um mês, tendo em vista que recentemente o Gemol passou por uma séria de greves que acabaram acumulando os trabalhos. O processo, porém, pode ser agilizado caso algum parente de uma suposta vítima compareça ao local com material genético compatível.

Informações extraoficiais dão conta que os restos mortais pertençam a Guilherme, garoto de sete anos que está desaparecido há mais de quatro meses e morava perto da localidade. A mãe informou que não acredita que o menino esteja morto e ainda sustenta a esperança de que ele ainda será encontrado com vida.

Testemunhas informaram que um dos ossos localizados seria um fêmur, mas que não parece ser de uma criança da idade de Guilherme, mas delegado responsável pelo caso, Reinaldo Nóbrega, informou que ainda é cedo para fazer afirmações e que, até o momento nenhuma linha de investigação pode ser descartada.

O achado macabro aconteceu depois de uma denúncia anônima ao 197, número da Polícia Civil, que relatou com exatidão onde estariam os ossos. O comunicado aconteceu no final da tarde da última quinta-feira, e a falta de luminosidade natural dificultaria as buscas e por isso as autoridades preferiram realizar o rastreio no dia seguinte.

Notícias relacionadas