Polícia Federal reuniu mais de 39 mil páginas de dados em investigação sobre Roberto Santiago - WSCOM

menu

Paraíba

23/03/2019


Polícia Federal reuniu mais de 39 mil páginas de dados em investigação sobre Roberto Santiago

Na imagem, o empresário Roberto Santiago durante audiência de custódia

 Em investigação que resultou na prisão, ontem (22), do empresário Roberto Santiago, a Polícia Federal gerou um relatório de mais de 39 mil páginas de dados. A maior parte dos relatórios investigativos derivam da análise do telefone celular do empresário.

 A grande quantidade do conteúdo teve como circunstância a necessidade de elaboração de relatórios parciais de análise pelos investigadores da Polícia Federal.  Foram transcritos vários diálogos do empresário.

 Os dados revelaram fatos atuais e de extrema gravidade relacionados à contratação de empresas para coleta de lixo do município de Cabedelo, que foram analisados pela Justiça para determinar a prisão do empresário.

 Prisão

 Roberto Santiago foi preso na terceira fase da Operação Xeque-Mate no bairro do Bessa, acusado de corrupção e fraudes licitatórias no município de Cabedelo

Por Redação / Portal WSCOM