Polícia e GPOE são acionados para controlar princípio de rebelião no presídio de Patos  - WSCOM

menu

Policial

07/02/2019


Polícia e GPOE são acionados para controlar princípio de rebelião no presídio de Patos 

Detentos estão reivindicando melhoria na alimentação, e que seja investigado um suposto excesso na revista íntima por parte dos agentes penitenciários

Foto: Reprodução/Patos online)

Na manhã desta quinta-feira (7), a Polícia Militar e o Grupo Penitenciário de Operações Especiais (GPOE) foram acionados para conter um novo tumulto dentro do Presídio de Segurança Máxima Romero Nóbrega, em Patos, na Paraíba.

 

De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária do Estado (SEAP), os detentos responsáveis pelo tumulto estão no pátio da penitenciária.

 

Na tarde de ontem (6), outro princípio de rebelião foi confirmado pela SEAP, e durou cerca de 8 horas. Colchões foram queimados, mas os policiais conseguiram conter os presos.

 

Os detentos estão reivindicando melhoria na alimentação, e que seja investigado um suposto excesso na revista íntima por parte dos agentes penitenciários.


Portal WSCOM