PMJP firma parceria com HU para realização de atendimento cardiológico 24 horas - WSCOM

menu

Política

06/09/2018


PMJP firma parceria com HU para realização de atendimento cardiológico 24 horas

Foto: autor desconhecido.

Depois de entregar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Especialidades Bancários, a quarta UPA da cidade, garantindo a cobertura 100% da Capital nos atendimentos de urgência e emergência, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) celebra uma parceria com o Hospital Universitário Lauro Wanderley (HU) para ampliar os serviços de alta complexidade em cardiologia. Com o objetivo de salvar vidas, a partir de agora, as pessoas que chegarem às UPAs com quadro de infarto, serão encaminhados ao HU para realizar os procedimentos de cateterismo e angioplastia.

“Estamos tendo a oportunidade de firmar dois convênios na área da cardiologia, ampliando nossos serviços e dando a oportunidade de ter no HU cirurgias de cateterismo e angioplastia, para que a gente possa melhorar a saúde da população na área da cardiologia e, ao mesmo tempo, ampliar o repasse da Prefeitura para o HU dentro do convênio global que a gente tem. Na condição de farmacêutico formado na UFPB, tenho a alegria de poder estabelecer esta parceria, e os pacientes que chegarem às UPAS precisando de uma atenção na área da cardiologia poderão ser encaminhados ao HU”, disse o prefeito Luciano Cartaxo.

A superintendente do HU, Flávia Cristina Fernandes Pimenta, afirmou que os atendimentos serão oferecidos 24 horas. “O ganho será porque a partir de agora poderemos realizar os procedimentos regularmente pactuados com o município de João Pessoa. Teremos um plantão 24 horas que vai fazer uma retaguarda para as UPAs, então os pacientes que forem atendidos infartados na UPA ou também no Ortotrauma poderão ser atendidos no HU. No contrato, a Prefeitura já autoriza que façamos os procedimentos e que nos casos indicados já se faça a angioplastia, que é a abertura do vaso que pode estar obstruído em uma situação de infarto”, explicou.

O procurador da República do Ministério Público Federal, José Guilherme Ferraz, afirmou que a população e a Universidade Federal da Paraíba saem ganhando com esta parceria. “Contamos com os esforços e boa vontade de todos os lados envolvidos. Sabemos que existem dificuldades materiais e jurídicas para que o serviço possa ser oferecido à população, então, a partir de uma ação movida pelo Ministério Público com a intenção de fomentar a atuação dos entes federados na melhoria dos serviços hospitalares, principalmente das cirurgias cardiológicas, é que tivemos como resultado este acordo. E a população ganha porque tem mais uma opção pública qualificada e a UFPB vai ter condição de aproveitar melhor a expertise e excelência dos profissionais e oferecer a seus alunos mais oportunidade de conhecimento”, disse.