PM e SSP fazem inspeção no Presídio do Roger; até detector de metal das Forças A - WSCOM

menu

Policial

23/03/2006


PM e SSP fazem inspeção

A Segurança Pública e Polícia Militar mobilizaram esta manhã 70 policiais e agentes em inspeção no Presídio do Roger. Até detectores de metal das Forças Armadas foram utilizados na operação. No final, o grupo conseguiu reunir apenas dois celulares e alguns espetos – barras de ferro fabricadas pelos detentos.

‘Este detector pode localizar até armas enterradas’, dizia mais cedo o coordenador geral da Cosipe (Coordenação do Sistema Penitenciário), João Alves.

Ele explicou que a inspeção é ação de rotina. ‘Nos momentos de maior tensão fazemos semanalmente e agora, que está tudo tranqüilo, prolongamos mais os intervalos’.

Além dos agentes dos PMs, a operação contou ainda com participação de dois integrantes do Grupo de Operações Especiais, convocados para operar os detectores de metal.

‘Já usamos detectores antes, mas daqueles manuais, de pouco alcance’, informou Alves. ‘Estudamos a possibilidade de, a partir de agora, sempre usar estes mais potentes’, concluiu.

Notícias relacionadas