Pietro Fittipaldi é esperança do Brasil na Fórmula 1 - WSCOM

menu

Mais Esporte

10/11/2017


Pietro Fittipaldi é esperança do Brasil

FÓRMULA 1

Foto: autor desconhecido.

Durante a semana que antecede o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 o país recebeu a notícia de que ficaria sem representantes para a temporada 2018 da maior categoria do automobilismo mundial, a Fórmula 1.

Único brasileiro na categoria, Felipe Massa anunciou sua aposentadoria da categoria, depois de uma “novela” em torno das negociações da equipe para 2018, com Robert Kubica, Pascal Wehlein, Daniil Kvyat e Paul di Resta ainda brigando pela vaga.

Mas as esperanças de ver o país de volta à categoria são boas: Pietro Fittipaldi, 21 anos, líder da World Series 2017, afirmou que “é desejo de todos os pilotos” e já se prepara para a oportunidade.

Nesta quarta-feira (08) durante a 21ª edição do Capacete de Ouro, Fittipaldi levou a premiação máxima na categoria Internacional disputada com outros dois jovens talentosos: Victor Franzoni (Capacete de Prata) e Felipe Drugovich (Capacete de Bronze) que também são esperanças do Brasil nas categorias top do automobilismo mundial.

Falando exclusivamente com a F1Mania após receber a premiação, Fittipaldi – que lidera a World Series 2017 com vantagem de 10 pontos – mostrou-se motivado para garantir o titulo desse ano e a super-licença que daria a chance para Fittipaldi disputar uma vaga na F1.

“Temos mais duas corridas no Bahrain, vamos com tudo para ganhar”, disse Pietro.

“Para os próximos anos meu sonho é estar na Fórmula 1, então preciso muito ganhar o campeonato e ver o que acontece”.

Perguntado se ele já estava frequentando o “paddock” da F1 com o objetivo de conhecer a categoria, Pietro disse:

“Tenho meus patrocinadores, a escudeira Telmex está empurrando muito forte para acontecer isso (entrar na Fórmula 1)”

“Tem uma equipe em volta com todos trabalhando para isso acontecer”

“Minha meta é focar no campeonato, ganhar o campeonato.

“Claro, estou aqui para a Fórmula 1 (GP Brasil) e vão ter conversas com algumas equipes.

“Mas na verdade eu preciso ganhar o campeonato, ganhando o campeonato eu pego a Super-Licença para F1.

“Com isso tenho a chance de ir para a Fórmula 1 já no ano que vem”.

Fittipaldi disputará a final da World Series nos dias 17 e 18 de Novembro com a rodada dupla no Bahrain.