PF prende quatro pessoas suspeitas de tentar fraudar o concurso da UFPB - WSCOM

menu

Paraíba

07/04/2019


PF prende quatro pessoas suspeitas de tentar fraudar o concurso da UFPB

Material apreendido com um dos suspeitos presos (Divulgação/PF)

A Superintendência de Polícia Federal na Paraíba confirmou a prisão de quatro pessoas suspeitas de tentar fraudar o concurso para técnico administrativo da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), neste domingo (7), nos municípios de João Pessoa e Rio Tinto.

 

A ação fez parte da “Operação Ponto Final”, que teve o objetivo de combater fraudes em certames públicos federais. Cerca de 10 policiais federais estiveram envolvidos.

 

De acordo com a PF, os presos realizavam provas para os cargos de Administrador e Assistente em Administração do concurso da UFPB. Eles utilizavam aparelhos para recepção de dados, a exemplo de um smart watch e um ponto eletrônico, com objetivo de captar informações de terceiros e o gabarito de suas provas.

LEIA MAIS: Mais 14 mil inscritos faltam as provas do concurso para técnico administrativo da UFPB

CRIMES

 

Os investigados responderão pelos crimes de fraude em certames de interesse público e organização criminosa. As penas, somadas, poderão chegar à 14 (quatorze) anos de reclusão.

 

Uma concedida entrevista coletiva com mais informações sobre as prisões será concedida nesta segunda-feira (8) às 10h, na sede da Polícia Federal, em Cabedelo/PB.


Portal WSCOM