PF investiga falsificação de selos do Inmetro para extintores de incêndio - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

12/04/2011


Falsificação de selos do Inmetro

Polícia Federal

Foto: autor desconhecido.

A Polícia Federal investiga a falsificação de selos do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, e o uso irregular dos selos em extintores de incêndio. Nesta terça-feira (12), a ação intitulada Olho-de-Boi deve cumprir, até o fim da manhã, 7 mandados de prisão e 33 de busca e apreensão no Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Goiás e o Distrito Federal. Até as 9h45, uma pessoa já havia sido presa em Curitiba.

De acordo com informações da PF, as empresas envolvidas no esquema colocavam selos de autenticação do Inmetro em extintores de incêndio, principalmente de veículos, e revendiam os equipamentos como se estivessem recarregados. Há indícios, segundo a assessoria da PF, de que extintores antigos eram fraudados e vendidos como novos.

A investigação começou há seis meses e os envolvidos devem respondem pelos crimes de falsificação de selo ou sinal público, falsificação de documento público, falsidade ideológica, formação de quadrilha e corrupção passiva.

Notícias relacionadas