Petrobras reajustará preços do gás em setembro e novembro - WSCOM

menu

Economia & Negócios

19/08/2005


Petrobras reajustará preços do gás

A Petrobras informou hoje que vai reajustar os preços do gás natural produzido no Brasil em 6,5% a partir de 1º de setembro e em mais 5% a partir de 1º de novembro. Já o gás trazido da Bolívia terá um aumento de 13% a partir de 1º de setembro e em mais 10% a partir de 1º de novembro.

A estatal justifica o reajuste do gás brasileiro com a evolução dos custos de exploração, produção, aquisição e transporte nos últimos 32 meses. Em nota, a Petrobras informa que o aumento visa assegurar a sustentabilidade dos esforços da empresa para o desenvolvimento do mercado desse combustível.

A manutenção dos preços do gás natural de produção nacional desde janeiro de 2003 teve como objetivo contribuir para o desenvolvimento de uma política comercial que garanta a competitividade do produto, segundo a nota. A estatal destacou também o estímulo ao consumo do gás natural por segmentos que a longo prazo serão seus principais usuários.

A empresa ressalta que, para atender a expansão do mercado de gás natural, tem aplicado recursos cada vez maiores para aumentar e desenvolver as reservas já descobertas, descobrir novos reservatórios e elevar a oferta de gás.

Notícias relacionadas