Pesquisa indica empate técnico na disputa ao governo de Pernambuco - WSCOM

menu

Política

06/05/2018


Pesquisa indica empate técnico na disputa ao governo de Pernambuco

O atual governador do Estado, Paulo Câmara (PSB), aparece com 15,5% das intenções de voto

Brasília - Governador de Pernambuco, Paulo Câmara, durante cerimônia de assinatura da MP para reestruturação do ensino médio (Valter Campanato/Agência Brasil)

De acordo com levantamento do Instituto Múltipla para o governo do estado de Pernambuco, estão tecnicamente empatados os 4 primeiros nomes da pesquisa.

O atual governador do Estado, Paulo Câmara (PSB), aparece com 15,5% das intenções de voto. Encostado nele está a vereadora Marília Arraes (PT) com 15%. Em seguida o senador Armando Monteiro (PTB) com  14,5% e em 4º, e logo depois o ex-ministro da educação Mendonça Filho (DEM) com 11%.

A Margem de erro é de 4,1 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa, realizada de 27 de abril a 1º de maio, foi estimulada, ou seja, quando são apresentados os nomes dos candidatos. O instituto ouviu 600 pessoas, o nível de confiança é de 95% e o levantamento está registrado no TRE- PE (Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco) sob o nº 03562/2018.

SENADO

Na corrida pelas duas vagas ao Senado Federal, se considerada a margem de erro, também há indefinição quanto aos nomes dos possíveis eleitos.

Na 1ª posição está o deputado Jarbas Vasconcelos (MDB) com 20%, em seguida o senador Armando Monteiro (PTB) com 15,8%. O senador Humberto Costa (PT) é o terceiro na pesquisa com 12%.

Atrás dele, é indicado o nome de Mendonça Filho (DEM) com 11,3%.

PRESIDÊNCIA

Instituto Múltipla testou ainda as intenções de voto no Estado para a Presidência da República.

No cenário em que aparece o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ele obtém 65,8% das intenções de voto, larga vantagem em relação aos  2º  e 3º colocados, o deputado Jair Bolsonaro (PSL) e a ex-senadora Marina Silva (Rede), que aparecem com 7% e 4,8%, respectivamente.

Joaquim Barbosa (PSB) e Ciro Gomes (PDT) aparecem empatados com 1,8%. Geraldo Alckmim (PSDB) alcança 1,2%. Nomes de outros candidatos com menos de 1% somam 3,2%.

Brancos, nulos e indecisos são de 14,4%.

Num 2º cenário, sem o ex-presidente na disputa, lidera a corrida presidencial Marina Silva (Rede) com 16,3%. Bolsonaro (PSL) é o 2º com 9,5% e em seguida Ciro Gomes com 6,8%.

Aparecem ainda na lista Joaquim Barbosa (PSB) com 4,2%, Geraldo Alckmin (PSDB) com 3,7%, Fernando Collor (PTC) com 2,7%, Rodrigo Maia (DEM) com 1,5%, Manoela D’Ávilla (PCdoB) com 1,2% e Michel Temer (MDB) com 1%.

Outros nomes citados com menos de 1% somaram 2%. Brancos, nulos e indecisos foram de 51,1%

Com informações do Poder 360

Notícias relacionadas