Pedagogia Waldorf associa arte ao aprendizado - WSCOM

menu

Paraíba

23/05/2018


Pedagogia Waldorf associa arte ao aprendizado

No Brasil existem 74 escolas autorizadas a usar a metodologia Waldorf

Foto: autor desconhecido.

Você já pensou em matricular o seu filho em uma escola onde até os meninos aprendem a cozinhar ou fazer tricô, ao mesmo tempo que apreendem as matérias tradicional do currículo escolar, como matemática, biologia e língua portuguesa? A pedagogia Waldorf se baseia nesta abordagem mais humanista de ensino e trabalha o conceito de “educação para a liberdade”.

Baseada na filosofia educacional do Austríaco Rudolf Steiner, fundador da antroposofia – associação do aprendizado entre a razão e anseios espirituais do homem – a pedagogia Waldorf é apontada pela Unesco como o método pedagógico inclusivo e adequado para manter o nível de aprendizado equacionado.

No Brasil, há atualmente 74 escolas autorizadas a usar a metodologia pela Federação de Escolas Waldorf (FEWB), com 9.702 estudantes matriculados e mais 130 em processo de certificação. Dentre as oficiais, o estado de São Paulo concentra a maior parte. Há 20 anos, eram apenas nove. No mundo, existem mais de mil Escolas Waldorf, localizadas em mais de 60 países, sendo assim um dos maiores movimentos educacionais independentes mundiais.

O método de ensino desenvolvido por Steiner é baseado em uma abordagem mais lúdica, onde crianças aprendem através das artes e da própria vivência. As crianças têm aula de tricô, dança, pintura e ajudam na cozinha. O foco do ensino não está na aprendizagem rápida da leitura e o processo de alfabetização se inicia após os sete anos. Além disso, nenhum professor usa livro didático ou caderno pautado.

O simples brincar de subir em árvore exige que a criança faça escolhas. E todas as escolhas têm consequências. Conhecer o peso do seu corpo e saber se o seu braço terá força para se pendurar em um galho pode parecer coisa boba, mas existe muita consciência nessa ação. É com situações parecidas que a Escola Waldorf Jardim Vir a Ser ensina seus alunos.

Segundo a diretora Daiane Dias, a instituição só trabalha com a Educação Infantil e não existe matérias fixas em sua grade curricular. “O que trazemos para as crianças é o fazer”, pontua. Daiane também explicou que a função da escola não é colocar a criança dentro de uma “caixa”, mas fazer com que ela vença os seus limites. “O ensino Waldorf torna as pessoas mais humanizadas e mais conscientes do seu papel social com uma maior consciência coletiva”, explicou a diretora.

Faculdade Waldorf

Se antes existiam poucas escolas adotando este sistema educacional, hoje elas estão espalhadas por todo país. E agora existe também a possibilidade de estudar numa faculdade Waldorf. Autorizada pelo Ministério da Educação no final de 2017, a faculdade Rudolf Steiner iniciou as aulas em fevereiro e fica em um terreno de 16.600 m², no Alto da Boa Vista, zona sul de São Paulo.

Trata-se de uma faculdade Waldorf de Pedagogia. A grade curricular associa disciplinas como danças brasileiras, experiências poéticas e educação do corpo, exigidas pelo MEC. Os graduados poderão dar aulas em qualquer escola.

O processo de aprendizagem da pedagogia Waldorf é interdisciplinar e valoriza o papel da imaginação, desenvolvendo o pensamento criativo e analítico. Se você se interessou por essa metodologia de ensino e também deseja que seu filho tenha a oportunidade de estudar em uma escola Waldorf, saiba que o Educa Mais Brasil pode ajudar você. O programa educacional oferece bolsas de estudo de até 50% para Educação Básica e possui mais de 18 mil parceiras em todo Brasil.

Você pode encontrar uma instituição bem próxima de você e ajudar que seu filho desenvolva autonomia e autoconhecimento. Acesse o site do Educa Mais, procure uma instituição Waldorf próxima a você e faça a inscrição. Não perca tempo. É gratuito.

Ascom Educa Mais Brasil

 

Notícias relacionadas