Pastor se desculpa por ter tocado seio de Ariana Grande - WSCOM

menu

Internacional

01/09/2018


Pastor se desculpa por ter tocado seio de Ariana Grande

Em redes sociais, usuários publicaram vídeos em que Charles H. Ellis III segura corpo da cantora

Foto: autor desconhecido.

O pastor que celebrou o funeral da cantora Aretha Franklin desculpou-se após acusações de ter assediado em público a estrela do pop Ariana Grande e que gerou grande indignação por parte de fãs.

A cantora de 25 anos interpretou o clássico de Aretha Franklin “(You Make Me Feel Like) a Natural Woman” durante seu funeral, ao qual compareceram presidentes e estrelas da música.

Depois de sua atuação, o pastor Charles H. Ellis III cumprimentou Ariana pasando seu braço por trás das costas da cantora e repousando sua mão na lateral do seio da artista.

“Nunca seria minha intenção tocar o seio de nenhuma mulher. Não sei, suponho que a tenha envolvido com o braço”, disse Ellis em comentários à imprensa americana confirmados pela AFP neste sábado (1º).

Jenny@milaacabelloo

Isto foi assédio sim , por um pastor e em funeral que foi pior ainda . Eu estou simplesmente cansada de todos os dias acontece a mesma coisa ninguém fala nada e tentam jogar a culpa nas mulheres . Isso precisa parar não só pela ariana sim por todas mulheres

“Talvez tenha cruzado a fronteira, talvez tenha sido muito amigável ou familiar, mas, novamente, peço desculpas”, assinalou.

Críticas na internet

A cena foi duramente criticada na internet. “Lamento muitíssimo pelo que @ArianaGrande teve que passar, esse toque era mais do que descarado, e todos nós podíamos ver e sentir o desconforto da cantora”, publicou a apresentadora de TV Claudia Jordan.

Ellis também se desculpou por uma brincadeira que fez com o nome da cantora: “Quando vi Ariana Grande no programa, pensei que se tratasse de algo novo na Taco Bell”, disse, referindo-se à popular rede de fast-food mexicana.

“Pessoalmente e sinceramente, eu me desculpo com Ariana, seus fãs e toda a comunidade hispânica”, disse Ellis, embora a ascendência de Ariana seja italiana.

G1

Notícias relacionadas