Parreira critica "pressa" do setor ofensivo e falta de posse de bola - WSCOM

menu

Mais Esporte

28/06/2006


Parreira critica "pressa" do setor

Com vaga assegurada nas quartas-de-final da Copa do Mundo, o técnico da seleção brasileira, Carlos Alberto Parreira, comemorou a vitória por 3 a 0 sobre Gana, nesta terça-feira, mas não deixou de fazer críticas à equipe.

Parreira destacou as dificuldades que o time teve durante a partida, quando em algumas oportunidades poderia ter sofrido o gol de empate quando vencia por 1 a 0, e a menor posse de bola do que o adversário.

“O jogo de hoje não foi fácil, o placar de 3 a 0 chega a ser uma ilusão. Eles tiveram uma maior posse da bola, isso porque erramos muitos passes”, disse o treinador.

“Confundimos velocidade com pressa. Velocidade é uma ação coordenada. Não seguramos a bola o suficiente porque queríamos chegar muito rápido ao gol. Temos que trabalhar para fazer um melhor passe final”, continuou.

Sempre criticado antes do início da Copa do Mundo, o sistema defensivo da seleção ganha cada vez mais a confiança do treinador, que considerou a atuação do setor fundamental na vitória de hoje.

“A defesa não teve falhas. Se ela tivesse ido mal hoje, teríamos perdido o jogo. Nos faltou mandar mais no jogo”, finalizou.

Notícias relacionadas