Parcerias são essenciais para evolução do PAC, afirma Dilma Rousseff - WSCOM

menu

Política

07/05/2008


Parcerias são essenciais para evolução

Ao falar em audiência pública na Comissão de Serviços de Infra-Estrutura (CI), a ministra chefe da Casa Civil da Presidência da República, Dilma Rousseff, ressaltou que o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) resgatou o planejamento estatal de médio e longo prazo. Disse ainda que o programa está baseado na articulação entre União, estados e municípios, além de parcerias com a iniciativa privada.

Apresentando um balanço da aplicação, até o momento, dos recursos previstos no PAC, a ministra ressaltou que o programa foi feito para assegurar a estabilidade socioeconômica do país e para promover a redução das desigualadas regionais. Dilma destacou indicadores econômicos que demonstram, conforme ela, o crescimento sustentável do país.

Na apresentação, a ministra da Casa Civil detalhou o andamento das obras de infra-estrutura logística – rodovias, ferrovias, portos e aeroportos -, de construção de hidrelétricas, desenvolvimento da produção de petróleo e gás, além dos investimentos em infra-estrutura urbana, como habitação e saneamento.

Notícias relacionadas