Paraíba se mantém isolada na liderança no Billabong Brasileiro de Surf no Ceará. - WSCOM

menu

Mais Esporte

10/04/2011


PB é 1ª no CE. Nomes do mundial hoje

Surf

Foto: autor desconhecido.

Com uma seleção muito jovem, até mesmo na Iniciantes (Sub-14), a Paraíba neste sábado na Praia do Futuro, Fortaleza, Ceará, conseguiu se isolar na liderança do Billabong Brasileiro de Surf, o circuito da Confederação Brasileira de Surf (CBS).

Mas a vantagem de dois pontos sobre os 102 que acumula São Paulo só foi alcançada na última nota anunciada na bateria que encerrou o segundo dia e a paraibana Yorrana Borges aumentou dois décimos na sua média e confirmou a sexta e última vaga nas semifinais Júnior, primeiras do domingo.

O terceiro e último dia apontará seis campeões individuais e por seleções, os primeiros líderes da temporada de quatro etapas em estados diferentes.

No próximo deles, a Bahia, se definirão três dos seis Open (Todas as idades) aos Jogos Mundiais de Surf em Junho no Panamá.

Mas no Ceará este domingo a CBS define metade da seleção verde-amarela Júnior , seis de doze nomes que vão no próximo mês ao Peru representar o Brasil no Mundial Júnior, que possui disputas para surfista de máximos dezesseis e dezoito anos, as chamadas Mirim e Júnior, esta com divisão feminina e igual quarteto de atletas que se completa com duas convidadas.

Uma baixa foi surpresa nesta disputa, a do campeão Júnior (Sub-18) Filipe Toledo, Mirim (Sub-16) que tem vaga Sub-18 no Mundial ameaçada ao somar apenas 430 pontos aos máximos 1000 que trouxe da temporada passada.

Seu vice Deivid Silva, também de São Paulo, e o terceiro melhor de 2010, catarinense Matheus Navarro, se garantirem final Júnior confirmam ida à nona edição do prestigioso torneio da International Surfing Association (ISA).

Na Júnior Feminina, a capixaba campeã brasileira Bárbara Segatto está na Austrália, e a dupla logo abaixo estourou idade, com isso a cearense Estefany Freitas passou a ser líder das chances de ocupar uma das duas vagas.

Outra candidata, Kaena Brandi, da seleção paulista, enfrenta às oito horas a também pontuadora Carol Fernandes, do Rio de Janeiro, e á franco atiradora Camila Neros.

A seguir Estefany encara as abaixo em chances a ir ao Peru, Isabela Lima, do Rio de Janeiro, e Iorrana Borges, da Paraíba, que almeja segunda medalha feminina em eventos Sub-18 da Interrnational Surfing Association (ISA), depois de Diana Cristina, a Tininha, sua conterrânea e da mesma Baia da Traição, cidade .do recordista de pontos desde o primeiro dia, O Mirim Elivelton Santos.

Na Mirim, caiu o campeão Deivid Silva, o também paulista Filipe Toledo, nela vice 2010, passou a ser o de maiores chances seguido por Lucas Silveira, do Rio de Janeiro, e Elivelton Santos, paraibano que não depende de si nem mesmo se ampliar a invencibilidade de seis baterias em três categorias. em todas três pontuando pela líder Paraíba.

Único mantendo os dois titulares Mirins, a Paraíba conta com Fábio Gomes, que enfrenta os tanbém de seleção, Rafael Venuto, do Ceará, Johnny Botelho, da seleção capixaba, e Lucas Silveira, da Fluminense, e a seguir o paraibano Elivelton, o catarinense Yago Dora, o paulista Filipe defendendo suas bandeiras, enquanto Marcos Correa pontua individualmente.

Na Júnior, Santa Catarina se manteve completo com Cainã Barletta e Matheus Navarro, eles abrem as semifinais buscando aos mesmos oito pontos que almejam para suas seleções Michael Rodrigues, pelo Ceará, e o carioca Matheus Faria na mesma bateria.

A seguir, Elivelton Santos faz confronto com Deivid Silva, o cearense Marcos Otávio e Wesley Santos, paulista, dupla que não soma para seus estados.

Pela Iniciantes, a primeira bateria semifinal mostra como o futuro do surf está garantido, pois David Sobrinho e Rafael Tigrão são alternates do estado anfitrião, assim como Antônio Francisco é do selecionado norteriograndense e Igor Morais do Rio de Janeiro.

Duas outras vagas na final Sub-14 disputam dois catarinenses, o titular Gustavo Ramos e André Heiden, o Ceará terá Rafael Venuto em segunda semifinal enquanto Yago Silva será o segundo potiguar a buscar à final entre mais novos.

Paraíba líder, Santa Catarina maior ameaça

Os catarinenses possuem o maior número de atletas, seis, e o maior potencial de pontuação para seleção no domingo: noventa pontos, superam os setenta e seis que a Paraíba pode acrescentar e mais ainda aos sessenta e dois pontos disponíveis tanto à vice líder São Paulo quanto ao terceiro Ceará, que chegam ao dia final respectivamente com cento e quatro, cento e dois e noventa e seis pontos.

Aos seus atuais noventa e quatro pontos, os catarinenses tentam adcionar noventa ainda disponíveis, quatorze deles por Marina Resende, que enfrenta à potiguar Gilvanilta Ferreira e a campeã Open Estefany Freitas, enquanto outras duas cearenses, Larissa dos Santos e a titular Rhafaela Bahia, encaram à paulista Kaena Brandi, a exemplo de Estefany também finalista Júnior.

Na Open masculina, Santa Catarina, faz o que Ceará fez na versão feminina: garantiu três representantes, entre eles o titular Jussemir Júnior, que enfrenta ao conterrâneo Diego Michereff, ao pontuador Deivid Silva, de São Paulo, e Luiz André, que não soma para o Rio Grande do Norte.

Fechando às semifinais, Elivelton Santos, triplamente pontuador, vai em busca de uma das duas últimas vagas da Open e de todas finais, como almejam o também paraibano José Francisco Fininho, Matheus Navarro, de Santa Catarina, e Michael Rodrigues, cearense, na bateria que antecede o início das seis decisões.

O Billabong Brasileiro de Surf, com Nixon, Vonzipper, Dakine e Xcel, tem último dia a partir das oito horas deste domingo no www.cbsurf.org.br, sendo circuito oficial da Confederação Brasileira de Surf (CBS), nesta etapa inaugural 2011 tendo parceria em Fortaleza com a Federação Cearense de Surf (FCS), patrocínio Governo do Estado do Ceará e apoio Prefeitura de Fortaleza, Marbello Ariaú e Bellomar Ariaú.

.

Notícias relacionadas