Paraíba reduz 11% dos homicídios em fevereiro; queda de registros no bimestre atinge 28% - WSCOM

menu

Policial

01/03/2019


Paraíba reduz 11% dos homicídios em fevereiro; queda de registros no bimestre atinge 28%

Secretário da Segurança e da Defesa Social, Jean Nunes

O trabalho das Forças de Segurança da Paraíba resultou na redução de crimes contra a vida pela segunda vez este ano. No mês de fevereiro de 2019, foram contabilizados 86 casos de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) – homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte, enquanto que no mesmo período do ano passado foram 97 assassinatos, o que contabiliza uma redução de 11%. Em relação ao 1º bimestre, a queda no número de registros chega a 28%, com 63 vítimas a menos que nos dois primeiros meses de 2018. Foram 225 CVLI em janeiro e fevereiro de 2018 e 162 este ano.

As ações de prevenção e repressão qualificadas também se refletem na redução de assassinatos de mulheres em território paraibano. No 1º bimestre de 2019, a redução acumulada é de 69%, com sete registros nesse período, contra 23 nos mesmos meses do ano passado.

Para o secretário da Segurança e da Defesa Social, Jean Nunes, a queda no número crimes contra a vida no Estado denota a continuidade da política pública de Segurança Pública no estado. “Estamos em um processo de redução que não é isolado, se consolida mês a mês, e que se repete desde novembro de 2018 em relação ao mesmo mês no ano anterior. Temos o quarto mês de queda consecutiva, com destaque para janeiro e fevereiro, meses de menor número de assassinatos na última década quando comparados aos mesmos meses de anos anteriores. Esse trabalho envolve Polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros, que parabenizamos por exitosas ações que incluem operações, prisões, além de apreensões de armas e drogas”, frisou.

De acordo com relatório do Núcleo de Análise Criminal e Estatística (Nace) da Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social, assim como o mês de janeiro, fevereiro de 2019 também foi aquele com menor registro de CVLI em relação aos meses de anos anteriores em toda a década.

No que se refere à redução por Área Integrada de Segurança Pública, totalizando 14 com redução: Queimadas (- 11 casos), Campina Grande (-11 casos), Bayeux (-7 casos), zona sul de João Pessoa (-7 casos), Monteiro (-7 casos), Esperança (-7 casos), Mamanguape (-7 casos), Santa Rita (-6 casos), Solânea (-6 casos), zona oeste de Campina Grande (-4 casos), Cajazeiras (-4 casos), Patos (-4 casos), Itaporanga (-3 casos) e Cabedelo (-1 caso).

Portal WSCOM