Paraíba prepara plano emergencial contra gripe aviária - WSCOM

menu

Paraíba

24/03/2006


Paraíba prepara plano emergencial contra

O Coordenador da Defesa Agropecuária da Paraíba, Ricardo Leite, informou que a Paraíba já está montando um sistema emergencial de prevenção a gripe aviária.

Segundo Ricardo mesmo que a doença ainda não tenha chegado ao Brasil e que não haja notificação de casos em seres humanos, ele teme que o vírus sofra mutação e desembarque em território nacional.

“Estamos montando um plano emergencial, pois esse tipo de doença se espalha muito rápido e é possível que chegue ao Brasil e se chegar temos que estar preparados”, explica.

Afotsa e peste suína

Outras duas doenças que causam preocupação na coordenação de Defesa Agropecuária são a febre aftosa e a peste suína.

Em relação a aftosa Ricardo Leite afirma que a prevenção é barata para o produtor rural e por isso é preciso incentivá-la no Estado.

Cada dose da vacina custa hoje R$ 1,50 e precisa ser aplicada duas vezes por ano. “Para um produtor que tem uma vaca no valor de R$ 2 mil, gastar R$ 3 na prevenção, compensa”, contabiliza.

Mas ele alerta: não basta dar apenas uma dose da vacina, é preciso continuar a vacinação de forma regular duas vezes ao ano para afastar seu rebanho definitivamente da doença.

Em 2000 apenas 20% do gado era vacinado, este ano a cobertura é de 80% e a previsão é de que até outubro todo o rebanho da Paraíba tenha sido vacinado.

Notícias relacionadas