Pan de Jaguaribe, Hemocentro e Frei Damião têm atendimento afetados - WSCOM

menu

Paraíba

30/07/2007


Pan de Jaguaribe, Hemocentro e

A greve dos servidores estatutários da Secretária de Saúde começou na manhã desta segunda-feira, 30. Os atendimentos não foram totalmente suspensos porque nem todos os servidores da Saúde são estatutários, mas mesmo assim o impacto é grande. A greve atinge em torno de 650.

O atendimento ficou comprometido em vários setores. Quem procurou o atendimento em alguns hospitais como o Pan de Jaguaribe, encontrou o atendimento reduzido em 90%.

Mas segundo a Secretaria de Saúde, o Pan é um caso isolado.

“Com exceção do PAN, eu mesmo passei em todos os estabelecimentos de saúde e constatei que o atendimento está normal e tudo transcorrendo com tranqüilidade. Estamos abertos a negociação esperando contato do Sindicato, mas até agora nada”, explica o Secretário Estadual de Saúde, Geraldo Almeida.

Já o Sindicato dos Médicos discorda do Secretário e garante que a situação não está tão normal assim. Segundo o presidente da entidade, José Denir, além do Pan, o Hemocentro e a Maternidade Frei Damião estão com um percentual de trabalhadores bastante reduzido.

“Em todas essas unidades é grande o volume de estatutários. Há adesão em outras unidades também, mas como são menos servidores não deve interferir significativamente no atendimento”, detalha.

O fato é que existem 9 mil servidores estatutários no Estado. Cerca de 1.100 deles estão nos quadros da Saúde, aglomerando médicos, enfermeiros, dentistas, farmacêuticos e psicólogos e, segundo Denir, todos eles vão parar.

Notícias relacionadas