PAN 2007: Coadjuvantes dão vitória ao Brasil contra o Paraguai - WSCOM

menu

Mais Esporte

25/07/2007


PAN 2007: Coadjuvantes dão vitória



Gol de Marquinhos fez a diferença

Falcão não brilhou. Aliás, esteve longe disso. Mas, com um chute esquisito do coadjuvante Marquinho e outro preciso de Gabriel, o Brasil venceu o Paraguai por 2 a 0, na manhã desta quarta-feira, no Pavilhão 3B do Riocentro.

Com o magro resultado, a seleção brasileira termina a primeira fase com 100% de aproveitamento e disputa uma das semifinais do torneio de futsal do Pan do Rio na próxima sexta-feira, às 10h15m.

Treinado por Fernando Ferretti, que dirigiu o Brasil até 2005, o Paraguai soube neutralizar Falcão. O craque errou passes, tentou poucos dribles ousados e viu suas melhores oportunidades pararem nas mãos do goleiro Carlos Espinola. Para compensar, o astro do time teve boa presença defensiva.

A retranca guarani só foi furada no segundo tempo. Marquinho chutou de direita, e o até então perfeito camisa 12 paraguaio falhou feio. Sem Falcão, a torcida apelou a Betão. Depois de ser tratado com ironia nos jogos anteriores, o pivô virou xodó. O público gritou seu nome diversas vezes e, mesmo sem o esperado gol, o aplaudiu. Gabriel marcou o segundo.

No fim, a partida ficou violenta, e os juízes tiveram de agir. O brasileiro Neto deixou a quadra com fortes dores no joelho direito e preocupa para as semifinais. Vale lembrar que Lenísio, com um estiramento na panturrilha, está quase fora do Pan.

Notícias relacionadas