Palocci fala sobre denúncias em entrevista coletiva - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

21/08/2005


Palocci fala sobre denúncias em

O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, concede neste momento uma entrevista coletiva para falar sobre as denúncias de seu ex-assessor Rogério Buratti na prefeitura de Ribeirão Preto. No início da entrevista, Palocci afirmou que colocou o cargo a disposição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas, segundo ele, o presidente não achou necessário uma “reposição no ministério”. Segundo ele, o presidente somente o orientou a esclarecer todos os fatos.

Palocci informou ainda que recebeu doações para a campanha a prefeito de Ribeirão Preto da empresa Leão Leão, mas disse que todas as contas foram prestadas de maneira correta ao Tribunal Regional Eleitoral.

Na sexta-feira, Buratti disse ao Ministério Público que o então prefeito do município e atual ministro da Fazenda recebia R$ 50 mil por mês de empresa Leão Leão , prestadora de serviço de coleta de lixo da cidade.

Na época, Buratti era assessor de Palocci. Reportagem da revista Veja revela que grampos telefônicos ligam homens de confiança de Palocci a esquema de Buratti. O ex-secretário, mesmo sem cargo no governo Lula, é suspeito de participar de uma rede de tráfico de influência, servindo de ligação entre o governo, prefeituras petistas e empresários.

Notícias relacionadas