Oxigenoterapia melhora condições de vida de pacientes em Santa Rita - WSCOM

menu

Saúde

14/05/2018


Oxigenoterapia melhora condições de vida de pacientes em Santa Rita

A coordenadora de Oxigenoterapia Domiciliar da Prefeitura de Santa Rita, Claudiane Marreiro, explica que os pacientes atendidos pela Prefeitura são pessoas carentes e que não teriam condições de alugar o equipamento, que tem alto custo de manutenção

Foto: autor desconhecido.

Em Santa Rita, pessoas com doenças pulmonares que necessitam de complementação de oxigênio recebem assistência que garante melhoria na qualidade de vida e até mesmo a sobrevivência. Atualmente, a Secretaria de Saúde do município disponibiliza a oxigenoterapia para nove pacientes domiciliares, de diferentes faixas etárias.

Através de equipamentos, que vão de cilindro a concentrador, esses usuários com baixos níveis de oxigênio no sangue arterial recebem a suplementação e conseguem voltar a respirar de forma satisfatória. Sem os aparelhos que auxiliam na respiração, os pacientes não poderiam morar em suas residências e precisariam estar internados em unidades hospitalares para sobreviver.

A coordenadora de Oxigenoterapia Domiciliar da Prefeitura de Santa Rita, Claudiane Marreiro, explica que os pacientes atendidos pela Prefeitura são pessoas carentes e que não teriam condições de alugar o equipamento, que tem alto custo de manutenção.

É o caso de Oswaldo Francisco, que tem 84 anos e enfrenta problema pulmonar. Depois de crises frequentes de falta de ar, ele piorou nos últimos meses, passando por algumas internações em unidades hospitalares. Foi quando o médico informou à família que o paciente realmente precisava da complementação do oxigênio para sobreviver.

“Procuramos a Secretaria de Saúde de Santa Rita, que nos atendeu e nos fornece o oxigênio para ele poder estar vivo, e em casa. É um tratamento caro, que nem sempre é fornecido pelo poder público, e a gente não teria nenhuma condição de sustentar”, explicou Maurina Francisca, esposa do paciente, ressaltando que a assistência está permitindo a sobrevivência e a melhoria da qualidade de vida do marido.