Outubro do Teatro apresenta Michel Melamed, no sábado - WSCOM

menu

Economia & Negócios

14/10/2005


Outubro do Teatro apresenta Michel

O apresentador e roteirista do programa “Re(corte) Cultural” (TVE/Rede Brasil), Michel Melamed, vem a João Pessoa com o espetáculo “Regurgitofagia”, em única apresentação neste sábado, 15, às 21h, no Teatro Santa Roza. O monólogo é no mínimo chocante, pois o ator fica amarrado a fios elétricos levando choques cada vez que a platéia se manifesta, rindo, tossindo, aplaudindo etc. A vinda do espetáculo faz parte da programação do projeto “Outubro do Teatro”, realizado pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).

O espetáculo-solo de Michel Melamed cria um curto-circuito físico de comunicação mesclando diversas matizes de expressão, utilizando-se da integração de linguagens (teatro experimental, poesia falada, stand-up comedy, performance e artes plásticas), usando exclusivamente fragmentos de textos autorais e de uma interface denominada “pau-de-arara” – cada reação sonora da platéia é captada por microfones que as transformam em descargas elétricas sobre algumas extremidades do corpo do a(u)tor.

“Regurgitofagia” é um texto considerado literário, tropicalista, vivo e ágil que provoca gargalhadas, e surpreende com o ininterrupto falatório que faz o espectador exercitar os neurônios durante 50 minutos. Reporta-se continuamente à realidade, talvez por isso seja um espetáculo que faz pensar. O texto-monólogo de Melamed é uma crítica mordaz à sociedade do controle, que atinge nosso corpo com ondas de informação e, pelo choque, afoga as possibilidades de assimilação.

Michel aparece só em cena, com um figurino de Luiza Marcier, com vários bolsos de onde tira os mais variados objetos, tudo concebido para falar do excesso. A direção musical é de Lucas Marcier e Rodrigo Marçal, a luz ficou por conta de Adriana Ortiz, e quem assina a tripla direção é Alessandra Colasanti, Marco Abujamra e Michel Melamed.

Turnê Brasil – Tendo estreado em abril de 2004 no Rio de Janeiro, “Regurgitofagia” teve sua temporada prorrogada diversas vezes totalizando nove meses consecutivos em cartaz, tornando-se um sucesso de público e crítica. Em seguida (janeiro de 2005) repetiu a trajetória em São Paulo, com diversas prorrogações (seis meses em cartaz) só encerradas por conta de compromissos previamente assumidos, como algumas apresentações em Paris (França).

Agora, o espetáculo está em turnê pelas principais capitais do Brasil e paralelamente vem sendo desenvolvida a segunda parte da Trilogia Brasileira (composta exclusivamente de monólogos): Dinheiro Grátis. “Regurgitofagia” também seguirá com suas apresentações internacionais em 2006, seguindo em fevereiro para Nova York e no segundo semestre até a Alemanha, Portugal e uma vez mais à França.