OUÇA: RC diz que Maranhão pressiona o TRE e que Catão faz política partidária no TCE - WSCOM

menu

Política

28/09/2018


OUÇA: RC diz que Maranhão pressiona o TRE e que Catão faz política partidária no TCE

Foto: autor desconhecido.

O governador Ricardo Coutinho (PSB) não poupou críticas ao senador e candidato ao Governo da Paraíba, Zé Maranhão (MDB), como também aos seus demais opositores e ao conselheiro do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), Fernando Catão. As críticas de Ricardo é em relação a uma ação que o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) deve julgar na próxima segunda-feira (24), que pode culminar na cassação de sua chapa, que envolve o programa Empreender Paraíba.

Ricardo disse que Zé Maranhão precisa ter respeito com a justiça e faz pressão junto ao TRE-PB. O chefe do executivo também acusou parte da imprensa por fazer política partidária.

“Eu acho que o candidato Zé Maranhão precisaria ter o mínimo de respeito com a justiça; porque está muito evidente a sua pressão sobre o TRE. E quem faz uma pressão dessas, no mínimo quer pescar alguma coisa. Veja bem; não há uma denúncia, há apenas uma névoa criada por uma parte da imprensa. Imprensa que é militante partidária, essa parte que estou dizendo. Eles não apresentam um depoimento de qualquer pessoa da Paraíba que tenha recebido um centavo do Empreender em função da promessa de voto para alguém… É uma tentativa absolutamente irresponsável de criminalizar um grande programa que tem feito a diferença para milhares e milhares de paraibanos empreendedores”, disse Ricardo que ainda lembrou: “julgar depois de tanto tempo, faltando uma semana, na semana da eleição… eu não temo absolutamente nada, porque quem compra voto não sou eu”, pregou.

Questionado sobre o posicionamento do conselheiro do TCE-PB Fernando Catão, assim se posicionou o governador: “claro que ele faz política partidária dentro do Tribunal. Milita contra o nosso governo. Não exerce o mandato de conselheiro como é preciso exercer com republicanidade. Se alguém libera um determinado relatório, pegando uma parte que ele sabia do ano que não tinha havido desembolso do Empreender, porque ele tinha dado uma cautelar suspendendo o Empreender e faz uma comparação com esse ano, evidentemente que aquela parte estará contaminada e ele sabe disso. Foi uma tentativa de criminalizar o Empreender”, disparou o governador.

As declarações do governador Ricardo Coutinho foi durante a entrega da obra da Perimetral Sul, rodovia que liga a BR-101 ao Litoral Sul da Paraíba.

radio ricardo empreender catao maranhao empreender