OUÇA: Maia diz "é preciso separar o joio do trigo" e fala sobre ligação com Temer - WSCOM

menu

Política

16/03/2018


OUÇA: Maia diz “é preciso separar o joio do trigo” e fala sobre ligação com Temer

Maia explicou que é preciso desvincular a sua imagem a do presidente da República, Michel Temer

Foto: autor desconhecido.

“É preciso separar o joio do trigo”, disse o pré-candidatura ao Planalto e presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) durante a coletiva nesta sexta-feira (16) em João Pessoa sobre a associação do seu nome a um esquema de corrupção descoberto pela Polícia Federal na Petrobras.

“Uma citação de um delator que está tentando se salvar da prisão ela precisa ser vista com muito cuidado. No meu caso as contradições são enormes, não há nenhum tipo de prova, não são verdadeiras e ao longo das investigações vão ser provadas de forma muito clara e eu estou aqui para ser candidato porque não tenho nenhum constrangimento. Sei do que fiz, da transferência das minhas campanhas e da verdade do meu trabalho”, desabafou.

ENTENDA:

Rodrigo Maia é citado em delação premiada como um dos beneficiários do esquema de corrupção descoberto pela Polícia Federal na Petrobras – segundo o executivo Cláudio Melo Filho, um dos 77 delatores da empresa, o deputado e diversos outros atores política nacional receberam quantias que variaram entre R$ 500 mil e R$ 10 milhões.

LIGAÇÃO COM TEMER

Maia explicou que é preciso desvincular a sua imagem a do presidente da República, Michel Temer. “A Câmara dos Deputados é um poder independente aquilo que nos entendemos ao longo do governo que era o bom para o Brasil nos pautamos e inclusive lideramos muitas votações e aquilo que a gente acha que está errado no governo do presidente a gente tem a liberdade de criticar”, afirmou.

 

Notícias relacionadas