Orhan Pamuk recebe Prêmio da Paz - WSCOM

menu

Internacional

23/10/2005


Orhan Pamuk recebe Prêmio da

O escritor turco Orhan Pamuk recebeu em Frankfurt o prestigioso Prêmio da Paz dos livreiros alemães de 2005, à margem da Feira do Livro, o maior evento mundial das editoras, que chega ao fim neste domingo.

O romancista de 53 anos, autor de “O castelo branco” e “Meu nome é vermelho”, é uma ponte entre Oriente e Ocidente, afirmou Dieter Schormann, diretor da Associação de Livreiros Alemães, que todos os anos homenageia um escritor que se compromete em favor da paz no mundo.

“Orhan Pamuk segue os rastros do Ocidente no Oriente e os do Oriente no Ocidente”, destacou Schormann ao entregar o prêmio.

A premiação, entregue nos anos anteriores ao húngaro Peter Esterhazy e à americana Susan Sontag, foi elevada em 2005 a 25.000 euros, contra 15.000 euros anteriormente.

Ornhan Pamuk, considerado um autor de romances históricos, vive em Istambul e é regularmente alvo das críticas dos círculos nacionalistas, particularmente desde que em fevereiro passado declarou que “30.000 curdos e um milhão de armênios foram mortos na Turquia”.

Notícias relacionadas