Oposição diz que vai à Justiça para conseguir instalar CPIs - WSCOM

menu

Política

20/05/2008


Oposição diz que vai à

O líder da oposição, Gervásio Maia Filho (PMDB), informou que dará entrada no Tribunal de Justiça em liminar para garantir a instalação das CPIs da Cehap e dos Medicamentos Excepcionais.

Nesta terça, 20, dos 36 deputados apenas 15 compareceram, destes. Alguns justificaram a ausência alegando que estavam em Brasília acompanhando prefeitos aliados em busca de liberação de verbas federais.

Os deputados usaram a tribuna para fazer pronunciamentos, foi neste momento que o líder da oposição disse que iria encaminhar uma liminar: “vamos buscar a Justiça”, desabafou.

Antes de assumir o Governo do Estado, o presidente da Assembléia Legislativa (AL), Arthur Cunha Lima (PSDB), assinou o arquivamento das CPIs, seguindo parecer da procuradoria da Casa de Epitácio Pessoa.

Para Gervásio, ter encaminhado as CPIs para a procuradoria da Casa foi um ato de procrastinação. O peemedebista chegou a ler trecho do parecer do procurador João Fernandes – vale ressaltar que Fernandes é secretário geral do PSDB, ex-deputado e ex-secretário do Governo tucano – que considera as CPIs, tendenciosas. No parecer Fernandes afirma que as CPIs não podem servir para bravatas, ameaças e intimidações, “de forma tendenciosa e partidária”.

A sessão desta terça não teve votação – é preciso 19 parlamentares em plenário – e com a viagem dos deputados à Brasília e o feriado de quinta, mas o ponto facultativo na sexta, a semana não deve ser muito produtiva para os deputados.

Notícias relacionadas