Operação Carnaval: Procon-JP comemora sucesso das campanhas educativas - WSCOM

menu

Paraíba

05/03/2019


Operação Carnaval: Procon-JP comemora sucesso das campanhas educativas

Órgão fiscalizou o comércio de João Pessoa durante o período carnavalesco.

Na imagem, a sede do Procon Municipal

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor comemora mais um resultado do ‘bem’ na rotina da fiscalização: a Operação Carnaval do Procon-JP registrou apenas uma autuação em 22 lojas visitadas, comprovando o resultado benéfico das campanhas preventivas junto aos consumidores e fornecedores de bens e serviços.

 

Segundo o secretário Helton Renê, isso vem ocorrendo desde que o Procon-JP deu ênfase às campanhas educativas/preventivas promovendo a divulgação das leis consumeristas, seja do Código de Defesa do Consumidor (CDC), seja da legislação municipal e estadual. “Em 2018 chegamos, inclusive, a apreender alguns produtos e autuamos cinco estabelecimentos, mas os números já foram bem menores que em 2017”.

 

O titular do Procon-JP salienta que esses números devem ser motivos de comemoração. “O Procon-JP vem se tornando uma referência pelo diferencial de apostar também na divulgação da legislação consumerista para prevenir os problemas mais comuns entre consumidor/fornecedor. Nós atuamos com intransigência na defesa do cidadão, e aplicamos severamente as punições a quem desrespeita a legislação, mas, apostamos também que, num futuro nem tão distante, haverá boa convivência entre os dois lado da moeda”.

 

Vitória – Helton Renê afirma que trabalhar a prevenção do problema antes que ele se instale é uma das prerrogativas de todo procon. “Considero uma vitória quando os números mostram que nosso trabalho está rendendo frutos. Investir na informação da legislação para ambas as partes da relação é muito importante porque todos ficam cientes dos direitos e deveres”.

 

O secretário finaliza afirmando que “as campanhas preventivas vão continuar por todo este ano, mas também faremos as operações de fiscalização para garantir que o consumidor faça compras seguras, principalmente em datas onde cresce o fluxo de consumo”.