Operação 'Balada': PF faz maior apreensão de Êxtase e LSD na Paraíba - WSCOM

menu

Policial

22/08/2005


Operação 'Balada': PF faz maior

A Polícia Federal da Paraíba após uma operação denominada “Balada” que durou cerca de três meses, conseguiu prender na madrugada desta segunda-feira, 22, no aeroporto Presidente Castro Pinto, o publicitário Edelson Rondon e Silva, 25, natural de João Pessoa. Com Edelson foram apreendidos 428 comprimidos de êxtase e 400 micro-pontos de LSD e R$ 547 em espécie.Na Cueca – Edelson desembarcava no Castro Pinto vindo do Rio de Janeiro, onde, segundo a PF, participou da maior balada Rave do país. Ao ser abordado pelos agentes da Polícia Federal não esboçou reação e no interior da cueca que usava, os agentes apreenderam os 428 comprimidos de êxtase. Já em sua carteira (capanga) estavam os 400 micro-pontos de LSD. Essa foi a maior apreensão das duas drogas no Estado que somadas importam em mais de quarenta e um mil reais. Com o publicitário também foram encontrados alguns quadros de paredes que serão periciados para saber se contém ou não drogas em seus interiores.A Polícia Federal também conseguiu prender na manhã desta segunda-feira, por volta das 7h30m, em Niterói, Rio de Janeiro, o carioca Antônio Batista Travassos, vulgo “Toinho”, 29 anos, que residia em João Pessoa. Com ele foi apreendido 5 comprimidos de êxtase. A droga seria comercializada na grande João Pessoa e o traficante será recambiado para a Capital até a próxima sexta-feira, segundo informou o delegado PF Cláudio Costa.

A Polícia Federal da Paraíba já tinha solicitado à justiça paraibana as prisões preventivas de Edelson Rondon e Antônio Travassos, mas acredita que outras pessoas estejam envolvidas com a distribuição e comercialização das duas drogas.

Notícias relacionadas