ONU no Brasil fala de assédio a estrangeira na Copa e alerta: 'basta' - WSCOM

menu

Mais Esporte

23/06/2018


ONU no Brasil fala de assédio a estrangeira na Copa e alerta: ‘basta’

O diretor do Centro de Informações da Organização das Nações Unidas para o Brasil ressaltou que violência sexual não é apenas física

Foto: autor desconhecido.

Organização das Nações Unidas teceu, nesta sexta-feira (22), o primeiro comentário oficial das sobre o vídeo em que brasileiros assediam publicamente uma estrangeira durante a Copa do Mundo da Rússia.

Representante do secretário-geral da ONU no Brasil, Maurizio Giuliano lamentou que a violência psicológica à qual a mulher foi submetida durante o Mundial aconteça todos os dias – sem nenhuma visibilidade.

“O vídeo foi gravado em um lugar e em um contexto particularmente visíveis. É a Copa do Mundo. A agressão foi filmada, envolve uma mulher estrangeira, reúne vários homens, não apenas um, e também circulou online”, opinou, em entrevista à BBC Brasil.

O diretor do Centro de Informações da Organização das Nações Unidas para o Brasil ressaltou que violência sexual não é apenas física e que ocorre diariamente. “E isso precisa de um basta”.

Notícias relacionadas