Oito praias paraibanas estão impróprias para banho neste fim de semana; confira - WSCOM

menu

Paraíba

05/01/2019


Oito praias paraibanas estão impróprias para banho neste fim de semana; confira

No primeiro relatório do ano, a Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) classificou, nesta semana, 48 praias do Litoral Paraibano como apropriadas para o banho. As advertências se resumem a trechos em oito praias identificadas como impróprias.

Em João Pessoa, os banhistas devem evitar quatro trechos na praia de Manaíra, três desses estão  localizados na Avenida João Maurício: em frente as ruas Elizeu Candido Viana; Bananeiras e na Av. São Gonçalo. Evitar também o trecho próximo da galeria pluvial no final da Ruy Carneiro.

Ainda na Capital, a praia de Cabo Branco está imprópria para o banho na avenida Cabo Branco, próximo à desembocadura da galeria pluvial que fica no final da rua Gregório Pessoa de Oliveira; no final da rua Áurea, próximo à desembocadura da galeria pluvial e na rotatória do final da Av. Cabo Branco, próximo à desembocadura da galeria pluvial.

Já na praia do Seixas, não estão apropriados para o banho os trechos próximo à desembocadura da galeria pluvial localizada nas proximidades do farol do Cabo Branco e na desembocadura da galeria pluvial na rua dos Pescadores; enquanto na praia da Penha, está impróprio o trecho próximo à desembocadura do rio do Cabelo; na praia de Jacarapé, perto da desembocadura do rio Jacarapé; na praia do Arraial, próximo à desembocadura do rio Cuiá; e na praia do Sol, no final da rua Francisca Edite Fernandes Moreira, próximo à desembocadura do riacho Camurupim.

 No município de Pitimbu, na praia de Maceió, o trecho que fica 100 metros à direita e 100 metros à esquerda da desembocadura do Riacho Velho foi considerado impróprio.

A Sudema também recomenda que os banhistas evitem o banho 100 metros à direita e 100 metros à esquerda das galerias pluviais. As demais praias litorâneas estão classificadas como excelente, muito boa e satisfatória, e o relatório divulgado é válido até o dia 11 de Janeiro. Recomenda-se aos banhistas que evitem os trechos de praias localizados em áreas frontais a desembocaduras de galerias de águas pluviais, principalmente se houver indício de escoamento recente.

Por Redação com Ascom / Portal WSCOM