Oito pessoas são mortas em atentado em jogo de críquete no Afeganistão - WSCOM

menu

Mais Esporte

20/05/2018


Oito pessoas são mortas em atentado em jogo de críquete no Afeganistão

Outras 45 ficaram feridas no Estádio Spinghar, em Jalalabad. Ao todo, três bombas foram explodidas no local durante partida pela Copa Ramadã

Foto: autor desconhecido.

Oito pessoas foram mortas em um ataque terrorista em um torneio de críquete no Afeganistão, segundo o diário britânico “Mirror”. Três explosões ocorreram em Jalalabad no Estádio de críquete Spinghar, deixando, além das vítimas fatais, 45 feridos. Centenas de fãs assistiam ao jogo da Copa Ramadã, quando bombas explodiram em sequência.

CEO da Conselho Internacional de Críquete, David Richardson expressou condolências ao mundo da modalidade.

– Estamos triste de saber que um ataque terrorista ocorreu em um jogo de críquete no Afeganistão. Estendemos nossos pensamentos e simpatia aos familiares dos mortos e toda a família do críquete que estava por lá – comentou.

Homem é atendido em hospital após atentado em jogo de críquete (Foto: NOORULLAH SHIRZADA / AFP)Homem é atendido em hospital após atentado em jogo de críquete (Foto: NOORULLAH SHIRZADA / AFP)

Homem é atendido em hospital após atentado em jogo de críquete (Foto: NOORULLAH SHIRZADA / AFP)

O presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, afirmou que “os terroristas não pararam de matar nossa gente nem durante o mês sagrado do Ramadã. Ao efetuar um ataque em um estádio cheio, eles provaram que não estão ligados a nenhum credo ou religião e que são inimigos da humanidade”.

Um dos mortos é Hedayatullah Zahir, organizador do evento. Uma das bombas explodiu na plataforma de anunciantes, enquanto as outras explodiram mais próximo dos portões. Nenhuma organização declarou ser autora dos ataques por enquanto. O Talibã disse à emissora Al Jazeera que o ataque não partiu de seus seguidores.

O Ramadã nesse ano vai de 16 de maio a 18 de junho. Trata-se do nono mês do calendário islâmico. É um tempo de renovação da fé, da prática mais intensa da caridade, e vivência profunda da fraternidade e dos valores da vida familiar. Neste período, espera-se maior proximidade dos valores sagrados, leitura mais assídua do Alcorão, frequência da oração na mesquita, correção pessoal e autodomínio.

Globo Esporte

Notícias relacionadas