Obra de drenagem nos Bancários está 90% concluída e UPA na fase de alvenaria - WSCOM

menu

Paraíba

06/09/2017


Obra de drenagem está 90% concluída

NOS BANCÁRIOS

Foto: autor desconhecido.

O prefeito em exercício Manoel Junior inspecionou na manhã desta quarta-feira (6), as obras de ampliação do sistema de drenagem pluvial do bairro dos Bancários. Os trabalhos, que estão em fase final, com 90% concluídos, devem acabar com o problema histórico de alagamentos que ocorria durante as chuvas na Avenida Sérgio Guerra, principal do bairro. Na oportunidade, Manoel Junior também esteve no canteiro de obras da UPA Especialidades, que já está em fase de alvenaria.

“É uma obra que parece pequena, mas resolve um problema crônico de inundação no local. Qualquer chuva alagava a rua e dificultava a passagem para veículos e transeuntes”, disse Manoel Junior. Ele lembrou que o problema era alvo de constantes reclamações, mas que agora será resolvido de maneira definitiva.

Com investimento de R$ 500 mil, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), a ampliação do sistema de drenagem pluvial da principal via dos Bancários, se concentra nas proximidades do Centro de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (Cpics) Equilíbrio do Ser.

O novo ramal de drenagem que escoa as águas que se acumulam das chuvas tem diâmetro de 1.000 mm e aproximadamente 750 metros de comprimento. As obras foram iniciadas na Rua Bancário Amauri de Sousa, passando pelas Três Ruas, por onde também passa o ramal. O projeto também incluiu a construção de uma estrutura de dissipação da água de forma controlada, para evitar erosão.

UPA Especialidades – Ainda no bairro dos Bancários, o prefeito em exercício visitou as obras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dos Bancários. Ele destacou a importância da UPA e ressaltou que a unidade será fundamental para aliviar o fluxo de pessoas no Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcísio de Miranda Burity (Ortotrauma).

“Essa é uma UPA especializada em ortotraumatologia com capacidade de atender casos de média e alta complexidade. Só será levado ao Ortotrauma o que for uma fratura grave, o restante poderá ser resolvido aqui mesmo”, afirmou.
 

Notícias relacionadas