Número de vítimas no Japão sobe para 224 mortos e 17 desaparecidos - WSCOM

menu

Internacional

17/07/2018


Número de vítimas no Japão sobe para 224 mortos e 17 desaparecidos

Foto: autor desconhecido.

Após a forte chuva que atingiu o oeste do Japão, as autoridades ainda contabilizam os mortos e desaparecidos. Pelo último balanço, são 224 pessoas mortas e 17 desaparecidas. O porta-voz do governo japonês, Yoshihide Suga, ressaltou que as províncias mais afetadas são as de Ehime, Okayama e Hiroshima.

As chuvas castigaram a região a partir do dia 6 e ainda hoje existe na região 55 mil membros das Forças de Autodefesa (Exército), polícia e bombeiros, além de voluntários.

Foram as piores chuvas, desde 1982, danificaram pelo menos 160 casas e deixando outras 200 mil sem fornecimento de água durante mais de uma semana. Mais de 4,5 mil pessoas ainda estão em abrigos e centros de evacuação em 15 prefeituras.

Altas Temperaturas

Nos últimos dias, os japoneses enfrentam elevadas temperaturas, acima de 35 graus Celsius. Moradores e funcionários do governo trabalham na limpeza e recuperação das áreas atingidas pelas chuvas.

O primeiro-ministro Shinzo Abe, determinou que mil funcionários da Força de Autodefesa e 70 caminhões basculantes ajudem a acelerar os esforços de limpeza. Paralelamente, a população cobra explicações sobre a falta de infra-estrutura nas áreas atingidas.

Moradores da prefeitura de Ehime dizem que não foram devidamente informados antes que a água fosse liberada de duas barragens.

O ministro da Terra, Keiichi Ishii, disse que irá rever como operar as barragens de forma mais eficaz e como as informações devem ser transmitidas aos moradores.

Agência Brasil

Notícias relacionadas