Nova fase da Lava Jato cumpre 18 mandados no estado de São Paulo - WSCOM

menu

Brasil

31/01/2019


Nova fase da Lava Jato cumpre 18 mandados no estado de São Paulo

Autoridades investigam suposto pagamento de propina a executivos da Transpetro em 36 contratos com a Petrobras

Imagem meramente ilustrativa

Polícia Federal está, desde o início da manhã desta quinta-feira (31), nas ruas de São Paulo e Araçatuba para cumprir 15 mandados de busca e apreensão e 3 de prisão temporária relativos à Lava Jato.

 

Denominada Quinto Ano, a fase de número 59 da operação investiga suposto pagamento de propina a executivos da Transpetro em 36 contratos com a Petrobras. O valor das transações somariam R$ 682 milhões e o dos pagamentos irregulares chegaria a 3% dos contratos.

 

Buscas e detenções

Os mandados foram expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba, com base nos termos da colaboração premiada homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Os contratos suspeitos somam mais de R$ 682 milhões.

 

As investigações colheram indícios que apontam que empresas pagaram vantagens indevidas, de forma sistemática, a executivos da Transpetro. O esquema envolvia o pagamento de um percentual de propina, que alcançou o montante de até 3% do valor de 36 contratos formalizados com a estatal entre 2008 e 2014.

 

Valores

No período de 2008 a 2014, foram repassados milhões de reais a agentes políticos, segundo as investigações. Desse total, o colaborador teria recebido R$ 2 milhões por ano, a título de vantagem indevida, além de R$ 70 milhões no exterior.

 

Há indícios de que um escritório de advocacia foi utilizado para a movimentação de valores ilícitos e geração de dinheiro em espécie em favor das empresas do grupo investigado.

 

O sistema utilizado para a ocultação e dissimulação da vantagem indevida ocorreu mediante a utilização de contas de passagem e estruturação de transações financeiras (fracionamento). O objetivo era evitar comunicação de operações suspeitas ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

 

Com informações Agência Brasil
Portal WSCOM