Notificados na Paraíba mais de 5 mil casos de dengue - WSCOM

menu

Paraíba

17/04/2011


Dengue: Notificados mais de 5 mil casos

Boletim

Foto: autor desconhecido.

Um novo boletim sobre os casos de dengue na Paraíba foram divulgados neste domingo, 17, pela Secretaria de Saúde do Estado. Foram notificados 5.355 casos suspeitos da doença, entre o início do ano e o dia 9 de abril.

Das mais de 5 mil notificações, 1.097 foram confirmadas como dengue clássica e 441 foram descartados. O aumento foi de 743 casos, comparando com a semana anterior.

São 29 casos graves da doença, sendo 11 de dengue com complicações e 18 de dengue hemorrágica. Ainda não foi detectada a circulação da dengue tipo 4 na Paraíba.

Os três municípios que registraram mais suspeitas de dengue foram João Pessoa, Patos e Monteiro. Apesar dos números serem altos, a SES considera que as cidades estão conseguindo controlar a incidência da doença, o que se reflete na diminuição do ritmo das notificações.

O município que apresenta o maior número de casos de dengue com complicações é Teixeira, no Sertão do Estado, com três. As cidades com mais ocorrências de febre hemorrágica são João Pessoa, com seis casos, e São José dos Ramos (na Zona da Mata), com dois.
Em Campina Grande, é investigada a primeira possibilidade de morte por dengue hemorrágica em 2011. A vítima foi o piloto Valdy Araújo Gama, de 65 anos. A suspeita ainda não foi confirmada por exames oficiais. Em 2010, três pessoas morreram vítima de dengue, sendo uma em João Pessoa, uma em Areial e uma em Campina Grande.

As maiores tendências de aumento dos casos estão em Uiraúna (Sertão), Solânea (Agreste) e Poço Dantas (Sertão). A Secretaria Estadual de Saúde recomendou às prefeituras locais que intensifiquem o controle da infestação do mosquito e realizem mutirões de limpeza urbana. A ideia é mobilizar a população para evitar o surgimento de novos casos.

Ação preventiva

Para reduzir os riscos de morte por formas mais graves da doença, o Estado realizará um qualificação de médicos e enfermeiros na próxima terça-feira, 19, em Campina Grande.

Participarão 42 profissionais que integram a 3ª Gerência Regional de Saúde, do Hospital Universitário Alcides Carneiro e do Hospital Regional de Campina Grande. A ação é uma diretriz recomendada pelo Ministério da Saúde.
 

Notícias relacionadas